Matando no Peito, com Zé Airton – 04/03/2017

=RECORDANDO – BAIRRO ALTO E.C. – 1.979=

Pela platéia que lotou Acrisio Paes Cruz podemos ter uma idéia do que foi o futebol amador de nossa cidade num passado não muito distante.

Posando naquele gramado no ano de 1979 podemos observar na foto anexa o plantel do glorioso B.A.E.C., famoso GALO DO ESPIGÃO, assim alinhado:

DE Pé: DIRETOR ZÉ FACIOLLI – TÉCNICO RICARDO DA IGRAL – ATLETAS ZÉ VAROLI – MOACIR – VALDIR – DITINHO – JOEL SILVESTRE – ZELÉ – QUATI – FURACÃO E TORCEDORES…

ABAIXADOS: LUIZ CARLOS – LULINHA – JOEL GALHARDO – JAIR SILVESTRE – AVARÉ – TUTU – ADEMIR TREVISAN – DI PIERI…

Tempo bom, grandes craques e excelentes revelações….

 

=RELEMBRANDO – E.C. CINEMATOGRAFICOS – 1958=

Os jovens (naquela época) que hoje apresentamos, faziam parte da laboriosa classe dos cinematografistas de nossa cidade na década dos anos 50 do século passado.

Sem qualquer espécie de trocadilho mas por serem verdadeiros artistas com a “redonda” nos pés, compunham a aguerrida equipe do E.C.CINEMATOGRÁFICOS que em amistosos e torneios afins se exibiam, com brilhantismo, nos palcos futebolísticos daqui e da região.

Podemos observar, na foto acima.

Em pé: CHICO ADEUS (técnico) – DIDINHO – ARI ANTIGAS – GIL ARAÚJO – HEITOR CARVALHO – CLAYTON e CELSO SACOMANI.

Abaixados: LIBERO – TITO ALVES – ZÉ LUCHEZI – ARI TEIXEIRA e WILSON.

Alguns deles já nos deixaram e descansam em Paz!!!

 

=COISAS DO ESPORTE BOTUCUDO DE OUTRORA –CATA 9=

Tempos idos moravam na Vila Jaú dois irmãos que adoravam futebol, não jogavam lá essas coisas e por precaução eram os donos das camisas, calções, meias, bolas, apito, caixa de massagem, e etc…

Um era goleiro e o outro ponta esquerda; como já tinham certos os dois extremos do time saíam todos os domingos com o seu caminhãozinho convidando pela cidade os demais nove atletas para completá-lo e a cada domingo era um time totalmente diferente nas outras posições.

Palmeirenses fanáticos que eram, batizaram o time de Palmeirinha, mas qual o que, não teve jeito e o time ficou conhecido, cresceu e se imortalizou na cidade como o “CATA NOVE F.C.”

Velhos tempos!!!

 

=EPÍLOGO=

“O SILENCIO É SEMPRE UM PAPEL EM BRANCO, PORTANTO, NÃO ESCREVA NADA SEM TER CERTEZA”.