Coluna Matando no Peito, com Zé Airton – 26/05/2018

=HOMENAGEM=

Indescritível para nós a beleza e emoção causada pela Sessão Solene da nossa Câmara Municipal realizada no último dia 18 de maio de 2018 ocasião em que por uma feliz indicação do Vereador Sgto. LAUDO, aprovada por unanimidade de seus pares, aquela Casa de Leis concedeu ao prezado DR. LUIZ ANTONIO CRAVEIRO o merecido titulo de “Cidadão Botucatuense”, numa festa para os olhos e coração de todos ali presentes; internautas e telespectadores da TV Câmara.

Parabéns meu prezado vizinho, amigo, irmão e agora também conterrâneo!!!

Gostaríamos ainda de aproveitar nesta oportunidade para relembrar pela foto anexa da ocasião em que esse moço, que além da medicina também adora o futebol, inaugurava um campo em terreno anexo a sua residência onde seu filho LUCAS, meus netos JP, THIAGO, MARCUS VINÍCIUS e um sem número de garotos botucudos tiveram a oportunidade de bater sua bolinha.

A foto anexa relembra nosso homenageado e seu sogro Seu VALENTIM, preparados para dar o pontapé inicial na inauguração do “CRAVEIRÃO”.

=PARABÉNS – MUNICIPALISTA=

 

 

Neste domingo (dia 27), a tradicional RÁDIO MUNICIPALISTA DE BOTUCATU, comemora seu 56º ano de profícua existência.

Para homenageá-la por essa data tão festiva, publicamos acima a foto de sua equipe de futebol de salão do ano de 1977, posando na quadra de cimento do Colégio La Salle, naquela tarde de 18 de abril, assim constituída:

Em pé: LUIZ HENRIQUE – LOURIVAL BARREIROS – VANDERLEI DOS SANTOS e o ADEMIR IZEPE.

Abaixados: GÉRSON AMADOR – MÁRCIO PAES DE ALMEIDA e o DONIZETE.

Faziam ainda parte desse plantel, mas por motivos outros não puderam comparecer os atletas:

Saudoso JOSÉ ROBERTO QUINTEIRO, defendendo a Ferroviária no Amadorzão; MARCELINHO, participando de prova pedestre em Avaré; saudoso CACÁ, na meta do Água Verde no Campeonato Futsal da cidade; eclético NEDER FILHO, comentando XV de Jaú x São Paulo, pela segundona do Paulistão daquela época …

PARABÉNS TRADICIONAL RÁDIO DO POVO!!!

=SE É FOTO É FATO=

ARI, era o goleiro do nosso time de garotos ali no campinho do Santuário de N.S. de Lourdes, hoje transformado em seu estacionamento.

Gostava tanto desta posição que para caracterizá-la ainda mais, usava quatro joelheiras, duas para proteger os joelhos e duas os cotovelos.

Certa ocasião, ao vê-lo jogar, um médico veterinário apelidou-o de ELEFANTE e logo justificou o apelido:

-“Pois é moçada, no mundo animal caso esse paquiderme fosse o goleiro do time da bicharada, seria necessário comprar para ele 4 joelheiras pois o ELEFANTE é o único animal que possui 4 (quatro) joelhos”…

Coisas do futebol, onde também se aprende zoologia!!!

=EPÍLOGO=

“OS CASTRADOS NÃO ESTÃO COM ESSA BOLA TODA”.