PROFESSOR PASQUAL BARRETTI É O NOVO REITOR DA UNESP

Então pessoal, vivemos um ano de 2020, bastante complicado, isso ninguém (ninguém mesmo) pode questionar. Não bastasse a chegada dessa malfadada Pandemia, que parece não querer nos libertar, ainda sobrevivemos aos mais variados problemas envolvendo os altos comandos dos governos Federal e Estadual, fato que abalou ainda mais a vida de todos os brasileiros.

Exatamente como diz o dito popular: “nem tudo que balança cai”, “nóis”, botucatuenses, não nos rendemos à Pandemia e, muito menos, aos embates políticos, pelo contrário, curtimos muito dois ótimos acontecimentos, que nos alegraram imensamente, ou seja, dois excelentes gestores públicos foram eleitos para nos representar. O primeiro, meu amigo irmão Mario Affonseca Pardini que, com uma votação histórica (aprovação de 85% da população “botucuda”) foi reeleito Prefeito Municipal aqui na terrinha. Já, o outro, o também meu irmão, Professor Doutor Pasqual Barretti, que com méritos de um grande líder, foi eleito Reitor da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, numa dobradinha com a Professora Maysa Furlan,  Titular do Instituto de Química de Araraquara. Quer mais?

Vamos lá! O Palácio dos Bandeirantes, na noite do último dia 15 de janeiro, foi palco da solenidade de posse de duas grandezas do quadro de colaboradores dessa Universidade que, nos últimos, anos vem enfrentando inúmeras dificuldades. Infelizmente, por conta do momento, poucas autoridades tiveram o privilégio de assistir tão honroso evento; sequer o Conselho Universitário, órgão máximo da instituição, pôde estar presente, ficando a sua representação a cargo da Professora Maria Cristina Pereira Lima, a querida Doutora Kika, digna Diretora da Faculdade de Medicina de Botucatu. “Nóis”, que estávamos apreensivos em poder levar o nosso abraço, a essa “dobradinha” que ousamos escolher para nos representar, nem pensar!

Obviamente que, mesmo à distância, acompanhamos todos os lances dessa festa marcante para nós, servidores da UNESP; aliás, uma comemoração que era esperada ansiosamente pelos três segmentos aqui do Campus Universitário de Botucatu (Rubião Junior/ Lageado), visto que o Reitor a ser empossado, Professor Pasqual Barretti, é muitíssimo conceituado em toda a comunidade, pelo seu talento na arte de ADMINISTRAR. Pena que as medidas sanitárias exigidas em tudo, e pra tudo, de ponta a ponta, no país nos impediram de estar ao lado dos nossos representantes numa ocasião dessa grandeza. Porém, com certeza, aquele abraço forte de milhares de unespianos, admiradores do mestre Pasqual e da Professora Maysa, foram absorvidos pelo coração de ambos.

“Nóis”, que há mais de duas décadas, conhecemos esse grande ser humano, Pasqual Barretti – por sinal, desde quando éramos conselheiros do Hospital das Clínicas, no final dos anos 90 – temos muito (muito mesmo) o que “falar” deste gigante que, após o passamento do saudoso Professor Armando Alves, foi empossado por “nóis” conselheiros, como vice-diretor do HC, iniciando naquele instante a sua vitoriosa caminhada como dirigente; posteriormente, acabou eleito através do voto popular, Diretor dessa nossa amável “Casa de Saúde”. Foi durante os muitos anos em que ele, Pasqual, teve a “caneta na mão” como comandante do HC, que o nosso hospital começou a ter dias mais venturosos quanto ao desenvolvimento.

Quem comigo viu esse monstro que cuida da saúde de uma imensidão de pessoas da nossa cidade e de toda a nossa vasta região, nascer, em meados dos anos 60, e acompanhou o desgaste sofrido por muitos diretores (todos, professores do quadro), sabe da briga que todos travaram contra um “punhado” de governador que só apareciam em Botucatu, mais propriamente nas dependências do HC, em períodos eleitorais. Pois bem, o mestre Pasqual, conseguiu acabar com esse sofrimento. Com seu jeitinho de “mineiro”, ele deu inicio a largada que transformou, ao longo dos anos, o Hospital das Clínicas da UNESP, num dos maiores estabelecimentos de saúde de todo o nosso Estado.

“Bão”, daí, passados uns anos, “caiu no seu colo” a FAMESP – FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO MÉDICO E HOSPITALAR, que até então, era maravilhosamente administrada pelo Professor Nelson de Souza, mas, que também clamava por CRESCIMENTO. Não deu outra! O tempo foi passando e esse anseio de todos, tornou-se uma prazerosa realidade. Por lá, o mestre Pasqual ficou mais de dez anos no comando. Acredite! Até as nossas quatro Casas de Apoio, um aconchegante LAR, que hoje tem capacidade para abrigar até 117 pessoas – que vêm a Botucatu buscar recuperar a saúde – foram projetadas e implantadas, durante a sua gestão. Enfim, para a satisfação de todos que almejavam o progresso da FAMESP, esse momento chegou. Essa maravilha não ampara somente o nosso HC, muitas unidades de saúde por todo o nosso interior (Bauru é o maior exemplo) são administradas pela FAMESP. HOJE, senão a maior, certamente essa ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE SAÚDE, sem fins lucrativos, de nome FAMESP, está entre as maiores de todo o território paulista.

Quem pensa que a história do novo Reitor para por ai, enganou-se redondamente. Igualzinho a muitos dos seus colegas, ex-alunos da Faculdade de Medicina (entre eles, o querido Professor Joel Spadaro), o amigo Pasqual também sonhava em dirigir a escola que o qualificou de maneira brilhante. Eis que Deus também o presenteou com a realização desse sonho. Por quatro anos, a Faculdade de Medicina de Botucatu da UNESP, também conheceu de perto o seu talentoso filho. Nesses quatro anos de mandato como diretor da FMB, o nosso Campus Universitário igualmente o acolheu como “PREFEITO”. Por dois anos consecutivos, ele teve a elegância de comandar, tanto em Rubião Junior, bem como na Fazenda Lageado, todas as necessidades que as nossas Unidades Universitárias necessitaram para o seu desenvolver. Pena que não tenho muitos subsídios para falar da sua outra brilhante atuação dentro do Hospital das Clínicas: a implantação de uma das unidades mais importantes do nosso HC, o setor de HEMODIÁLISE. Certamente essa unidade, que todos nós sabemos, tem um elevadíssimo conceito em todo o Estado de São Paulo e no Brasil, chegou a esse patamar invejável, graças à sua dedicação. Também, seria desnecessário falar dos inúmeros cargos que ocupou como liderança, em todos os colegiados locais e da nossa Universidade, por sinal, todos representados com maestria.

Agora chegou a vez da Universidade Estadual Paulista “JÚLIO DE MESQUITA FILHO”, a nossa amada UNESP, poder conhecer as qualidades desse moço simples, guerreiro, cidadão exemplar, muito justo, corretíssimo em tudo e, um profissional “pra” lá de competente, que um dia, saiu de Itapetininga somente para cursar MEDICINA aqui em Botucatu, onde permanece até os dias atuais, esbanjando talento. Claro que aquela sua “passadinha” rápida por Bofete (uma terra de gente grande, que sempre “emprestou” cidadãos referenciados a nós botucatuenses), em tempos idos, também, ofertou-lhe muita experiência, no entanto, foi mesmo aqui que a sua carreira “decolou”. Queridos companheiros de UNESP (docentes e servidores técnico-administrativos), Deus está propiciando aqueles que não o conhecem, a grande chance de desfrutar dos ótimos atributos de administrador desse SERVIDOR, dono de ampla visão em tudo, aliás, algo que ultrapassa limites. Tenho absoluta certeza, de que os próximos quatro anos serão bastante promissores. Não tenho dúvida nenhuma em afirmar que, mesmo com o Estado de São Paulo (que queiram ou não), estando caminhando para um abismo perigosíssimo, no quesito ECONOMIA, “nóis” servidores da UNESP viveremos dias menos sofríveis.

Caro mestre Professor Doutor Pasqual Barretti, que Deus, na Sua Infinita Bondade, continue ao seu lado, nessa sua nova “empreitada”. Que ELE, o nosso PAI, continue iluminando todo esse seu belo caminho por este mundo de poucos valores, muitas injustiças e reconhecimentos esquecidos. Seu “amigo de fé” sempre estará ao seu lado. Construímos uma sólida parceria ao longo dos anos e, se Deus quiser, terminaremos juntos! Ah, lembra-se do dia em que ousei dizer do orgulho que iria sentir, estando ainda em atividades, com você dirigindo a nossa Universidade? Acertei mais uma! Glória! Estou realizando um grande sonho!Parabéns, querido “CIDADÃO BOTUCATUENSE”, Professor Doutor Pasqual Barretti, pela bela conquista!

Querida Professora Mayza Furlan, que Deus esteja sempre com você, nessa nova caminhada profissional. Parabéns, por ter recebido um presente tão nobre do nosso PAI, afinal, poucos filhos DELE, um dia, receberam como presente, a companhia de um cidadão como o Professor Pasqual Barretti.

Rubens de Almeida – Alemão/[email protected]