Prefeitura vai encaminhar pessoas em vulnerabilidade nas ruas para o Ginásio durante a pandemia e o frio

Com a chegada do frio, a Prefeitura de Botucatu mudou o acolhimento da Operação Migrante, com as pessoas mais vulneráveis nas ruas de Botucatu. Agora, invés de encaminhar os cidadãos em vulnerabilidade para o Espaço Acolhedor, foi montado um espaço especial no Ginásio Municipal para atendê-los durante a pandemia do novo coronavírus.

Serão 30 box, com cama, cobertores e travesseiros, onde os atendidos poderão passar a noite em um espaço individual, sem risco de aglomeração e contaminação, com conforto e segurança nestes dias frios.

Além de um ambiente adequado para o pernoite, os assistidos também receberão jantar e café da manhã, além de poder tomar um banho quente.

“Durante o acolhimento, nossa equipe também vai investigar possíveis sintomas de covid-19 e isolar as pessoas que possam ter suspeita da doença. Precisamos cuidar das pessoas vulneráveis neste momento. Oferecer conforto, segurança e atendimento de qualidade. São seres humanos como todos nós, não cabe julga-los, temos que amá-los”, disse o Prefeito de Botucatu Mário Pardini.

Leia também

Temperatura pode chegar a 7 graus no fim de semana em Botucatu