Prefeitura de Botucatu ingressa com ação contra o estado para voltar na chamada fase amarela

Botucatu foi rebaixada pelo governo do estado por estar na DRS6 de Bauru

Foto Acontece Botucatu

A Prefeitura de Botucatu ingressou nesta sexta-feira, dia 12, com uma ação contra o estado de São Paulo para regressar na chamada fase amarela do chamado Plano São Paulo. A peça, feita pelos Procuradores do Município, foi distribuída no plantão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A notícia foi dada durante o programa A Marreta, da Rádio Municipalista.

O Governo de São Paulo anunciou na última quarta-feira, 10, de que a região da DRS6, de Bauru, onde está inserida Botucatu, retrocedeu para a faixa laranja no “Plano São Paulo”. Essa fase adota medidas específicas de flexibilização por região de acordo com os índices de contaminação da Covid-19.

A medida começa a valer na próxima segunda-feira, dia 15, com validade de 14 dias até um próxima avaliação. A faixa laranja prevê, por exemplo, horário reduzido de funcionamento de shoppings centers, das 6 horas atuais, para 4 horas seguidas. O horário de atendimento do comércio e serviços também deve ser reduzido para quatro horas.

Bares, restaurantes, salões de beleza e barbearias, além de academias, clubes e outros locais que possam gerar aglomerações terão as atividades suspensas novamente, segundo o governo paulista. Em Botucatu a notícia foi duramente criticada por comerciantes, empresários e autoridades.

A Prefeitura de Botucatu se baseou em critérios estabelecidos pelo “Plano São Paulo”, do Governo Estadual, que projetou todos os indicadores, como ocupação de leitos Covid-19, leitos Covid-19 por 100 mil habitantes, variação de casos positivos, variação do número de internações e variação do número de óbitos. Somados aos índices acompanhados diariamente no Município, comprovam que Botucatu estaria compreendida na fase amarela do Plano.

O que pode cada fase?

A fase 3 (amarela) de flexibilização permite a reabertura parcial de atividades, como comércio de rua, shoppings, bares, restaurantes e similares e salões de beleza.

Na fase 2 (laranja) é permitida a abertura do comércio com restrições e proíbe o funcionamento de restaurantes.

Já na fase 1 (vermelha), a mais restritiva, apenas atividades essenciais, como supermercados e farmácias, podem funcionar.

Relembre o fato 

Por conta de regionalização, Botucatu é rebaixada e terá atividades restringidas, segundo o Governo do Estado