Prefeito de Botucatu recebe sinal verde para construção de mais 232 casas populares

 

Em audiência com a secretária nacional da Habitação, Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves, realizada na sede do Ministério das Cidades, em Brasília, na tarde desta terça-feira (18), foi autorizada a construção de mais 232 unidades habitacionais, em Botucatu. O projeto foi apresentado por uma comitiva da cidade, composta pelo prefeito Mário Pardini, pelo vice-prefeito André Peres, pelo deputado estadual Fernando Cury, pelo presidente da Câmara, Izaias Colino e pelo secretário de Habitação e Urbanismo, José Carlos Broto.

O novo empreendimento, da chamada faixa 1 (com maior subsídio e parcelas a partir de R$ 80), deverá ser construído em um terreno pertencente ao município, na continuação da Avenida Conde Serra Negra, próximo à Cohab 2, região leste da Cidade. O projeto agora será encaminhado para análise da Caixa Econômica Federal e para o aval final do Ministério das Cidades.

A Secretaria Nacional tem um levantamento que aponta um déficit de mais de 3 mil moradias em Botucatu. A princípio, apenas 50 unidades seriam destinadas a alguns municípios do país, mas os argumentos técnicos e toda documentação apresentada pelo prefeito permitiram a pré-aprovação para construção de mais 232 casas.

“Este por enquanto é o primeiro passo de um projeto que ainda precisa passar por outros estágios, mas que já nos enche de otimismo para abençoarmos ainda mais a vida das pessoas.
Nosso desejo foi atendido, e continuaremos trabalhando para que dê tudo certo”, comemora o prefeito Mário Pardini.

Feliz com o resultado da reunião, o vice-prefeito André Peres ressalta que em pouco mais de 100 dias de governo, Botucatu já comemora grandes conquistas na área habitacional. “Já temos um empreendimento em construção que é o Residencial Paratodos, com 337 unidades, na Gastão Dal Farra. Já apresentamos as diretrizes para que a Ecovita construa um novo conjunto com 358 unidades, entre a Cohab 3 e o Altos da Serra. Além de 21 alqueires que já foram adquiridos e que comportarão cerca de 1.100 moradias. Se Deus quiser, essas 232 casas se somarão a esses projetos para que possamos ampliar o acesso, principalmente das famílias de baixa renda, à casa própria”.

O deputado Fernando Cury comemora o sinal verde que coloca Botucatu muito próximo de contar com mais um empreendimento habitacional voltado a atender famílias de baixa renda. “Foram mais de quatro mil moradias em oito anos da gestão do prefeito João Cury, e fico muito feliz em comprovar a eficiência e preocupação também dessa nova administração com quem sonha em sair do aluguel. É mais um compromisso com a população botucatuense, e com esse “ok” da secretária, é possível agora dar entrada na Caixa Econômica Federal para o encaminhamento necessário”, comenta.

Como representante do Poder Legislativo, o presidente da Câmara, Izaias Colino destaca o trabalho conjunto em busca de mais moradias para a população. “Parabenizo o prefeito pelo ótimo projeto apresentado, que nos coloca em boa posição para receber 232 moradias populares. Agora falta o último aval da Caixa Federal e o do ministério, e vamos trabalhar muito para conquistar essas casas para Botucatu. Como presidente da Câmara me sinto honrado em representar todos os vereadores que tiveram participação muito importante no projeto”.