Aproximadamente 1,7 mil eleitores fizeram a Biometria no último dia em Botucatu

 

O prazo para realizar a Biometria, processo obrigatório para as eleições deste ano, terminou nesta sexta-feira, dia 23 e em Botucatu uma parcela importante não realizou o procedimento. Segundo dados da 26ª Zona Eleitoral, aproximadamente 16 mil eleitores não compareceram no prazo que durou mais de um ano.

Botucatu consta com um número aproximado de 100 mil eleitores.  Em Itatinga perto de 2 mil eleitores não realizaram a Biometria e em Pardinho o número ficou na casa de 800 pessoas.

O que chamou a atenção nesta sexta-feira, foi o alto número de eleitores que deixaram para a última hora, apesar da forte divulgação na mídia e das inúmeras campanhas itinerantes em escolas, supermercados, Shopping, empresas, fábricas, instituições públicas, entre muitos outros. Segundo o Cartório Eleitoral, foram atendidas aproximadamente 1700 pessoas no fim do prazo, um recorde.

A biometria é a assinatura digital do eleitor e sem o seu registro no TSE e sem ela a pessoa não poderá votar em outubro. Pior, não poderá justificar o voto, ficando desta forma com inúmeras restrições na vida civil, segundo a Justiça Eleitoral.

“Muitos eleitores ficaram de fora. O cartório já se desdobrou para atender o maio número de pessoas nesse um ano que estamos fazendo o cadastro biométrico, mas 16 mil eleitores não compareceram”, disse Igor Ignácio, chefe do cartório em Botucatu.