Vitoriana ganha Unidade de Saúde modelo para Botucatu

Distante pelo menos 16 quilômetros do Centro de Botucatu, o distrito de Vitoriana ganhou sua nova unidade de saúde do distrito e servirá de modelo para as futuras unidades a serem construídas em Botucatu. Até então, os moradores de Vitoriana eram atendidos em imóveis alugados e improvisados.

O novo espaço tem aproximadamente 700 metros quadrados de área construída, no qual estão incluídos consultórios médico e odontológico, amplo saguão de espera e inúmeras salas para outros procedimentos como atendimento de urgência e emergência, curativos, farmácia, inalação, vacinação, escovação, atividades em grupos, entre outros.

O investimento na construção, mobiliários e equipamentos da nova unidade de saúde foi de R$ 1.319.000,00. A entrada do novo prédio ainda recebeu paisagismo e rampas de acessibilidade.

A equipe de saúde da família é formada por médico, quatro auxiliares de enfermagem, uma enfermeira, um dentista, um auxiliar de serviços dentários, um auxiliar de limpeza, um auxiliar administrativo e seis agentes comunitários. Ela atenderá uma população de cerca de 3.500 pessoas que também inclui bairros como Porto Said, Mina, Rio Bonito e Alvorada da Barra.

A unidade de saúde recebeu o nome do botucatuense José Marcues (1916-1978), que se mudou em 1951 para Vitoriana, onde viveu com esposa e cinco filhos e dedicou-se ao cultivo do café e a criação de gado, contribuindo para o desenvolvimento da região.

“Trabalhei por 32 anos como auxiliar de enfermagem em Vitoriana e com certeza essa unidade era o que o distrito mais precisava. A homenagem ao meu pai é justa por tudo o que ele contribuiu para a comunidade do distrito”, disse Elza Marcues Rogani, filha do homenageado e servidora municipal aposentada.

{n}Qualidade {/n}

Visivelmente emocionada, a secretária municipal de Saúde, Tania de Cácia Gasparello, fez questão de agradecer a todos os profissionais, que direta e indiretamente, ajudaram na concepção e concretização da unidade de saúde de Vitoriana. “É preciso que a população saiba a quantas mãos é feita uma unidade de saúde de qualidade, que tem a missão de acolher, ouvir e tratar de pessoas. Não tenho medo em arriscar que esta unidade, dentro do padrão da rede básica do Sistema Único de Saúde (SUS), é uma das mais bonitas do País. E ela tinha que ser grande mesmo, do tamanho da dignidade e necessidade das pessoas que moram em Vitoriana”, destaca.

O vice-prefeito e ex-secretário municipal da Saúde, Antonio Luiz Caldas Júnior, lembrou que Vitoriana foi uma das primeiras comunidades de Botucatu a receber uma equipe de saúde do Município, isso em 1979. Com esta nova unidade, ele acredita que o serviço irá avançar ainda mais.

“As ações da equipe que trabalha em Vitoriana eram sempre frustradas por conta da falta de infraestrutura, que nunca havia sido dada. Agora o atendimento será aperfeiçoado porque a comunidade também receberá contribuição dos alunos/residentes da nossa Faculdade de Medicina e dos profissionais do Núcleo de Apoio ? Saúde da Família (Nasf), que inclui nutricionista, fisioterapeuta, assistentes sociais, entre outros. E o mais importante, essa unidade foi projetada visando o crescimento do distrito para os próximos vinte anos, ou seja, sem a necessidade de gastos extras para fazer novas reformas e remendos, como temos visto em outras unidades espalhadas pela Cidade”, argumenta.

O prefeito João Cury Neto elogiou o esforço e competência da equipe que nos últimos anos se dedicou em manter os serviços de saúde no distrito. Ele também se lembrou de importantes ações viabilizadas pela Prefeitura, desde 2009, e que tem melhorado o cotidiano dos moradores de Vitoriana como a pavimentação da Rua Turma 6 (uma das principais do distrito), a chegada dos sinais de telefonia celular e internet, construção e futura cobertura da quadra de esportes, sem falar na instalação da subprefeitura, importante canal de comunicação entre a população e o Poder Público.

“E muito mais ainda está por vir para Vitoriana, que nas últimas gestões públicas ficou condenada por meras picuinhas políticas frente ? s lideranças dessa região. Apenas espero que estes avanços que concretizamos e projetamos para o distrito não retrocedam porque este povo merece o que tem de melhor”, afirma.

{n}Mais unidades {/n}

Além da unidade de Vitoriana, por meio do programa “Botucatu Com Mais Saúde”, a Prefeitura já entregou a nova Unidade de Saúde da Família do distrito de César Neto. Nos próximos meses ainda estão previstas as entregas das unidades dos bairros Jardim Santa Elisa e Comerciários.

A Secretaria Municipal de Saúde e a Fundação UNI também definiram os bairros prioritários para receberem a construção de mais sete unidades de saúde da família, a partir de 2013. A ideia é deixar os terrenos reservados e os projetos prontos para o próximo prefeito executá-los. Os locais escolhidos são Santa Maria, Jardim Reflorenda, Parque dos Pinheiros, Jardim Itamaraty, Bairro Alto, Real Park e Cohab 4.