Referência na região, Hemocentro necessita de doadores

O Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) é referência entre os 31 hospitais da região, que fazem tratamento hematológico. Com isso, é necessário ter em estoque um número considerável de bolsas de sangue de todos os fatores Rh. O tipo de sangue com maior necessidade é o O negativo, que pode ser doado para pessoas de qualquer outro tipo de fator.

O supervisor do Hemocentro do HCFMB, Sílvio Luiz Neves, destaca a importância da doação de sangue e explica que a cada doação é possível retirar três componentes do sangue, que podem ser doados para até quatro pacientes. “No sangue existem as plaquetas, os plasmas e as hemácias que são retirados do total, separados e armazenados, podendo assim ser distribuídos para pessoas diferentes e em momentos diferentes”, explica.

De acordo com Sílvio Luiz Neves, o Hemocentro de Botucatu recebe muitas doações de pessoas de outras localidades. “Muitas pessoas vêm como acompanhante com os pacientes e enquanto ele está na consulta, o acompanhante vai doar sangue”, revela.

O supervisor do Hemocentro ainda lembrou-se da possibilidade de adolescentes fazerem doação de sangue. Desde junho de 2011, jovens menores de 16 a 18 anos estão autorizados a doar sangue. “Já faz um ano que o Ministério da Saúde autorizou, pela portaria 1.353, que menores de 18 anos podem doar sangue, mas a coleta só é realizada com o acompanhamento de um adulto responsável”, explica.

Para doar sangue é preciso estar com a saúde em dia e levar um documento com foto. O hemocentro de Botucatu funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas ? s 16h30 e aos sábados das 7 horas ? s 13 horas. Mais informações através dos telefone (14) 3814-8004 ou (14) 3811-6041, ramal 240.

{n}Condições para doar{/n}

– Gozar de boa saúde;
– Você deve ter mais de 18 anos e menos de 60 anos;
– Seu peso deve ser superior a 50 kg;
– Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
– Se mulher deve ter doado há mais de 90 dias; não estar grávida; não estar amamentando; já terem se passado pelo menos três meses do parto ou aborto;
– Ter dormido no mínimo seis horas antes da doação;
– Não ter ingerido álcool nas últimas 24 horas;
– Não estar em jejum; ter ingerido alimentos leves e sem gordura antes da doação (ex: fruta, suco, leite desnatado).

{n}Impedimentos temporários{/n}

– Febre, sintomas de gripe ou resfriado nos últimos 14 dias;
– Uso de antibióticos nos últimos 14 dias;
– Gravidez e período de amamentação;
– Endoscopia há menos de 6 meses;
– Viagem para áreas endêmicas de malárias há menos de 12 meses;
– Comportamento de risco para adquirir doenças sexualmente transmissíveis;
– Transfusão há menos de 1 ano;
– Tatuagem há menos de 1 ano.

{n}Impedimentos permanentes{/n}

– Malárias ou doença de Chagas;
– Hepatite após os 11 anos de idade;
– Diabéticos dependentes de insulina;
– Uso de drogas ilícitas;
– Alcoolismo;
– Portadores de doenças sexualmente transmissíveis como AIDS e sífilis.
– Outros impedimentos poderão ser identificados durante a triagem.

Fonte: Assessoria de Comunicação do HCFMB