Medicina/Unesp promove curso sobre Oncologia Comparada

A Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), com apoio das Pró-Reitorias de Pós-Graduação e Extensão, e também da Fapesp (Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo) promoverá um curso internacional sobre Oncologia Comparada. O evento, denominado São Paulo Advanced School of Comparative Oncology (Escola São Paulo Avançada de Oncologia Comparada), será realizado na FMB entre os dias 30 de setembro e 7 de outubro deste ano.

O projeto tem como objetivo principal reunir especialistas líderes de grupo de diferentes países, assim como estudantes, para discutir a medicina molecular e aplicada em nível animal, humano e comparado sob o aspecto básico e aplicado. “O ambiente estabelecido na Escola será de extrema aprendizagem, interação e informação contando com cientistas e jovens pesquisadores, abrindo oportunidades de avanço no conhecimento e efetivas colaborações. A Oncologia Comparada é pouco difundida no país e no mundo e este evento poderá trazer grandes benefícios para a comunidade brasileira e internacional”, avalia a bióloga e professora titular da FMB, Silvia Rogatto, coordenadora do evento.

Participarão da capacitação 100 estudantes, com suas despesas integralmente custeadas pela Fapesp, sendo 50 brasileiros e 50 estrangeiros. Serão 50% doutorandos, 20% mestrandos, 5% jovens pesquisadores e 25% pós-doutorandos. Os palestrantes serão 13 pesquisadores nacionais e 13 internacionais.

Haverá apresentação de trabalhos – os melhores serão selecionados para exposição oral -além de palestras em forma de aulas. A língua oficial do evento será o inglês. Em breve a programação será divulgada e mais informações estarão disponíveis em um hotsite específico para o curso. Haverá um link no site da FMB/Unesp.

Participarão representantes, além da FMB, do Instituto de Biociências e Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – ambas do câmpus da Unesp em Botucatu -, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ/USP), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Hospital A.C Camargo.

{n}O câncer{/n}

Professora Silvia Rogatto lembra que a morbidade e mortalidade associadas ao câncer são os aspectos mais importantes no que se refere ao impacto da doença na saúde pública mundial. Nos últimos anos, a incidência de vários tipos de câncer tem aumentado significativamente, em animais e humanos. “Vários esforços têm sido realizados na tentativa de identificar marcadores diagnósticos, prognósticos e preditivos que possam auxiliar numa melhor conduta clínica e consequente melhora na qualidade de vida dos afetados”, destaca.

Fonte: Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB