FMB inicia novos projetos de Vigilância em Saúde

Nesta quinta-feira, 23 de maio, ? s 17h30, acontecerá na Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) o início das atividades do PET-Vigilância em Saúde (Programa de Educação para o Trabalho – PET). A cerimônia de abertura, que será realizada na Sala da Congregação, contará com representantes das instituições parceiras: Hospital das Clínicas, Secretaria Municipal de Saúde, além da própria FMB.

A FMB, que desenvolve atividades relacionadas ao PET desde 2008, apresentou um novo projeto em 2012 e foi novamente contemplada. A proposta selecionada visa fomentar grupos de aprendizagem tutorial, com enfoque em vigilância em saúde, na rede de atenção ? saúde de Botucatu.

O projeto conta com três subprojetos que tratam de temática importante para a vigilância epidemiológica municipal e regional. São eles: “O hospital na comunidade e a comunidade no hospital: uma avaliação de fortalezas, deficiências e oportunidades na vigilância epidemiológica de base hospitalar”, que tem como objetivo identificar deficiências, fortalezas e oportunidades de aprimoramento do sistema de vigilância hospitalar, com vistas ao seu fortalecimento.

O segundo diz respeito ao tema: “Educação, ação de saúde, vigilância epidemiológica em sífilis. A proposta é fortalecer a vigilância epidemiológica, apoiar o desenvolvimento da rede de cuidados da sífilis no município de Botucatu e educação permanente das equipes de saúde.

O terceiro projeto foi intitulado “Construindo pontes: avaliação da imunização de adultos e planejamento de estratégias para garantir sua adesão ? vacinação no município de Botucatu”. Seu objetivo é fortalecer ações de vigilância de doenças imunopreveníveis, por meio da abordagem da cobertura vacinal de adultos, idosos e grupos especiais, como por exemplo, manicures, pacientes em hemodiálise, entre outros.

A coordenadora do PET-Vigilância é a professora Marli Teresinha Cassamassimo Duarte, do Departamento de Enfermagem e coordenadora do CRIE e Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Hospital das Clínicas da FMB. O evento contará com as palestras: “O Programa Educação para o Trabalho”, que será ministrada pelo professor Joélcio Abbade, do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia e “A Importância da interface Ensino/Serviços/Comunidade para a Vigilância Epidemiológica”, cujo responsável será o professor Carlos Magno Fortaleza, do Departamento de Doenças Tropicais e Diagnóstico por Imagem.

Fonte:
Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa