Equipe do SAMU realiza parto em via pública

No início da madrugada de segunda-feira (12) a equipe especializada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), com a técnica auxiliar de regulação médica, Daniela Fernandes, o médico Rafael Frota, a técnica em enfermagem Viviane Gimenez e o socorrista/condutor Rodrigo Dalle Molle Príncipe, realizou a um parto em viatura. A ambulância foi solicitada ? s 01h08 e a criança nasceu ? s 01h31.

A equipe recebeu a informação de que Jéssica Caroline de Jesus Oliveira dos Santos, de 17 anos de idade, que mora nas proximidades do Jardim Aeroporto, ? s margens da Rodovia Gastão Dal Farra, estava com fortes dores e precisava de um transporte urgente até o hospital. A informação foi passada pela mãe da parturiente. Imediatamente foi enviada ao local viatura Unidade de Suporte Básico (USB), que em 09 minutos chegou até a residência.

Ao chegar a casa os profissionais perceberam que Jéssica se encontrava com fortes contrações sendo colocada na viatura onde a bolsa se rompeu e em menos de cinco minutos a gestante deu a luz a uma menina que já estava com o nome escolhido: Nathalia Fernanda de Jesus Oliveira dos Santos Rufino. Ela nasceu com 2,915kg e 49 centímetros, depois de 38 semanas e três dias de gestação. A pequena Nathalia nasceu com choro vigoroso sem intercorrências no procedimento médico. Mãe e bebê foram levados para a maternidade do Hospital das Clínicas (HC) da Unesp para devidos cuidados.

“Olha, foi um momento de muita emoção para nós da equipe do SAMU, ainda mais que estamos acostumados a lidar com ocorrências tristes diariamente, quando nos deparamos com uma situação igual a essa, é para sentir alegria por muito tempo”, comentou emocionada Daniela Fernandes.

Jéssica, mãe da criança, depois de passar por um grande susto revelou que começou a sentir fortes dores e pediu para que chamassem socorro, mas não imaginava que a criança iria nascer daquela forma. “Foi tudo muito rápido e quando a equipe (do SAMU) chegou conseguiu me acalmar, porque eu estava muito apreensiva. No caminho até o hospital senti que não daria para segurar e minha filha nasceu ali mesmo dentro da viatura, causando muita emoção”, lembra. “Mesmo naquela situação a equipe me passou muita tranquilidade e foi maravilhoso, estou muito feliz e agradecida a todos que estiveram comigo o tempo todo”, comentou.