Mulher acusada de atentar contra vida de filha de um ano

A delegada Michela Aparecida da Silva, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), de São Manuel, está trabalhando para esclarecer a um caso denunciado como maus tratos, seguida de tentativa de homicídio, crimes cometidos contra uma criança (menina) de um ano de idade. A acusada é a mãe dessa criança, que tem 26 anos.

O caso foi atendido pelo agente Leandro Luchezzi, da Guarda Civil Municipal (GCM), que compareceu no local do crime e recebeu a informação de que a mulher, após discutir com o marido, teria arremessado ao chão a sua filha de um ano de idade que carregava no colo.

Com o impacto da queda, a criança sofreu traumatismo craniano e ferimentos no rosto, tendo que ser socorrida ao Pronto Socorro (PS) da Unesp, onde permaneceu internada. Além dos ferimentos causados pela queda, a criança estava infestada de piolhos e assadura na pele.

A irmã da acusada revelou que ela é alcoólatra e usuária de drogas e tem outros dois filhos menores. Durante a discussão com o marido ela, após arremessar a criança ao chão, ameaçou matar seus outros dois filhos e se suicidar.

O Conselho Tutelar esteve ao local e levou as crianças até uma instituição da cidade que cuida de crianças que passam por este tipo de problema. A acusada após apanhar roupas fugiu e nas próximas horas deverá ser detida e conduzida DDM para prestar depoimento. A delegada que já instaurou inquérito policial para apurar o caso, irá convocar testemunhas para depor, entre elas a irmã da acusada que teria presenciado a agressão.