Governo libera R$ 2 milhões para São Manuel

Foi assinado na tarde desta terça-feira (25) o convênio entre a Prefeitura de São Manuel e o Governo do Estado de São Paulo para o repasse de R$ 2 milhões direcionados para as obras de infra-estrutura do novo Distrito Industrial. O prefeito Marcos Monti viajou para a capital paulista acompanhado da primeira dama Andrea Siqueira Monti, pelo vice-prefeito, Pedro Biandan e sua respectiva esposa Márcia Montanholi Biandan, deputado federal Milton Monti, presidente da Câmara Municipal Omar Mattielli de Carvalho, vereadores Letícia Castaldi, Nice Paiva, Buca, Cláudio Enfermeiro, Doca, Jair Micheletto, Lila Guimarães, Pezão e Waldir Rosa, diretores municipais Saulo Brombini e Neto Nítololo e de Antônio Celso Coleone e Flávio Ragazzi, respectivamente, presidente e 1º secretário da Associação Comercial e Empresarial de São Manuel.

Com a chegada desse aporte financeiro do Governo do Estado, o novo distrito terá suas obras fundamentais iniciadas para viabilizar a disposição das áreas para a instalação de empresas. “Esse espaço é a porta de entrada para uma nova era na cidade, é a representação física da mudança não só no meio industrial e econômico, mas em todos os setores do município”, disse o prefeito Marcos Monti.

Destaca, ainda, que em qualquer cidade do país, a criação de um distrito industrial seria motivo para celebração, mas para São Manuel o significado se amplifica e toma uma dimensão bem maior e mais representativa. “O projeto de uma nova cidade vê seus ideais saírem do âmbito das projeções, dos desejos e das promessas diretamente para a realidade, se tornando algo realmente tangível e passível de muita comemoração e repercussão”, coloca Monti.

O chefe do Executivo realça que ao longo dos últimos anos sucederam-se casos de empresas que procuraram a cidade, mas na falta de local adequado e de incentivos para suas necessidades acabaram se realocando para cidades vizinhas, levando consigo muitos empregos e benefícios que poderiam ser gerados em São Manuel. “E é exatamente para a mudança desse cenário que a atual gestão vai caminhar e o novo distrito será construído para isso”, prevê.

Em uma área de 11 alqueires, o que equivale a mais de 235 mil metros quadrados ? s margens da rodovia SP-300 Marechal Rondon e próximo a importantes rodovias como a SP-255 (João Melão) e a SP-280 (Presidente Castelo Branco), bem no centro do Estado de São Paulo, o novo distrito poderá abrigar empresas de pequeno, médio e grande porte. Como estimativa, pode-se calcular que, sendo o uso de cerca de mil metros quadrados em área construída por empresa, São Manuel deverá abrigar diversas empresas de segmentos variados, potencializando o comércio local.

O Diretor de Indústria e Comércio, Saulo Brombini, evidencia as melhorias pormenorizando os benefícios desse investimento e a população sentirá cada um deles. “São Manuel há tempos não via uma infraestrutura dessa qualidade e, consequentemente, deixou a desejar no aspecto industrial. Hoje, com esse convênio assinado, podemos afirmar que o cenário está, definitivamente, em transformação”, observa Brombini.

Marcos Monti enfatiza que com a assinatura desse convênio garantido, a chegada de novas empresas é um fato. “Acreditamos que muitas vagas de empregos serão criados e disponibilizados para a população, tanto local quanto regional, aumentando a circulação de dinheiro na cidade e qualificando os nossos profissionais. São Manuel está reescrevendo sua história e inaugurando um novo e grande momento”, comemora. “As empresas que tiverem interesse em se instalar em São Manuel, devem procurar a Prefeitura da Diretoria de Indústria e Comércio”, complementa.