Rumores apontam que Junot pode desistir de pré-candidatura para apoiar Pardini

O advogado Junot de Lara Carvalho, até então pré-candidato do PSD a prefeito de Botucatu, pode ter desistido da disputa para apoiar Mário Pardini do PSDB. O anuncio oficial está sendo neste sábado, 28 de maio.

Acontece Botucatu se antecipou através de fontes ligadas aos dois personagens da política de Botucatu. Todos foram contundentes com a afirmação de que o pré-candidato tucano ganha mais um aliado para as urnas.

De ambos os lados há confirmação segundo fontes, porém, não oficiais, além dos pedidos de anonimato. Corre nos bastidores que Junot apoiaria Pardini, mas os candidatos a vereador do PSD estariam liberados para o trabalho em favor de Mário Ielo. 

Acontece Botucatu conversou com Junot de Lara Carvalho. Ele afirmou que muitas conversas estavam ocorrendo e que ainda estudaria as opções para divulgar um resultado neste sábado, 28.

“Não tem nada certo. Estou conversando com a comissão provisória do partido, lideranças e candidatos a vereador. Temos algumas opções e vamos discutir até o último momento. A primeira opção é a minha candidatura, que tem prós e contras. As outras são apoiar uma determinada candidatura ou até mesmo compor. Tudo vai depender da maioria e não da minha vontade”, disse Junot ao Acontece Botucatu.

Fato é que, Junot fará o anúncio neste sábado. Aliás, essa não é a primeira vez que ele falará sobre sua posição nas eleições deste ano. Em 29 de fevereiro houve o lançamento de sua pré-candidatura, onde demostrava muito otimismo sobre a união de nomes da chamada terceira via, fato que não ocorreu. 

Nos últimos dois meses muito se especulou sobre o sumiço de Junot de Lara Carvalho. Sua única aparição durante esse período se deu na noite de 25 de abril, quando Carlos Negrisoli foi destituído da presidência do Sincomerciários no mês de abril. Junot era advogado do Sindicato.

Duas das hipóteses aventadas para a possível desistência na disputa eleitoral seriam a baixa adesão à sua pré-candidatura e o insucesso nas conversas com outras correntes políticas, especialmente com Mário Ielo, pré-candidato do PDT. Esse último descontentamento também seria um dos motivos de Junot de Lara Carvalho apoiar Mário Pardini.

 

PSDB não se pronunciou   

Apesar do Acontece Botucatu ter obtido informações através de pessoas ligadas ao PSDB, o partido foi procurado e não se pronunciou oficialmente até o fechamento desta edição, embora o anuncio tenha ocorrido na manhã deste sábado, 28, em um encontro na sede do Círculo Operário. Se entrar na coligação, o PSD se junta a outras siglas na base de Mário Pardini, entre elas PPS, PC do B, PSB, PMDB, PP, PSC, SDD e por enquanto PV, DEM E PRB.