Petista sugere a criação de serviço móvel à saúde

O vereador Lelo Pagani (PT) voltou suas atenções para um sério problema enfrentado por todos os brasileiros, que é o acesso à saúde pública. Pensando nisso, o legislador apresentou na Câmara Municipal de Botucatu, um requerimento de autoria própria e que foi aprovado pela unanimidade dos demais colegas, onde solicita que seja estudada uma parceria entre município e a empresa Caio, para criação de um serviço móvel de saúde.

A ideia do vereador é unir duas forças da cidade em busca de melhorias para a população mais carente. Botucatu é um dos maiores polos de medicina do país e também abriga uma das maiores encarroçadoras de ônibus do mundo, a Caio Induscar. Um convênio entre o município e a indústria poderia resultar na fabricação de um veículo com verdadeiros consultórios médicos e odontológicos adaptados.

De acordo com o vereador, o acesso à prevenção é o melhor tratamento existente. “Infelizmente nem todo mundo tem acesso à saúde e também a uma educação preventiva. O projeto com o ônibus seria capaz de levar o acesso às comunidades mais carentes, como uma forma de proporcionar combate a doenças por meio da educação preventiva, garantindo o bem estar dos nossos munícipes”, analisou.

O projeto com ônibus adaptado já existe em programas dos governos do Estado e Federal, porém, sua frequência na cidade acaba sendo insuficiente, uma vez que ele permanece em deslocamento por diversos municípios. “Termos um veículo nosso seria um modo criativo de oferecer esse acesso à saúde, a médicos e dentistas por meio de consultas volantes realizadas no ônibus, atuando diretamente no foco da necessidade, onde a população mais carente está”, justificou Pagani.