Exclusivo: Caco Colenci é convidado para ser o homem forte de um eventual governo Reinaldinho-Lelo Pagani

caco

Caco Colenci recebeu convite para participar de um eventual governo da chapa formada por Reinaldinho (PR) e Lelo Pagani (Rede), em caso de vitória da dupla, claro. Essa é a conversa mais quente e recente da política local e colocada com exclusividade pelo Acontece Botucatu.

Como já noticiado pela versão impressa do Acontece Botucatu em semanas anteriores, houve uma conversa entre Caco Colenci e Mário Ielo, pré-candidato a prefeito pelo PDT. Mas o encontro com Reinaldinho e Lelo é mais recente.

A conversa entre os vereadores e também pré-candidatos ao executivo ocorreu na tarde de terça-feira, 07, no escritório de advocacia no qual Caco é sócio. O encontro, sigiloso, foi confirmado tanto por Lelo quanto por Reinaldinho em contato com a nossa reportagem.

Como já existe uma chapa formada, teoricamente não há espaço para Caco em um cenário eletivo, mas, para um eventual governo, sim, o convite foi feito. E não é para qualquer cargo, uma vez que lhe foi oferecido papel de protagonista em caso de vitória da dupla, algo parecido com o que ele exerceu no governo João Cury.

“Sim, oferecemos a ele essa participação, mas com o respeito devido. O Caco é uma figura importante que não pode
ficar de fora. Esse convite foi feito sim ”, disse taxativamente Lelo Pagani.

Reinaldinho e Lelo buscam apoio de Caco Colenci

Já Reinaldinho, que encabeça a chapa, também confirmou a reunião. Curioso para saber de onde partiu a informação para o Acontece Botucatu, ele procurou ser mais cauteloso.

“Sim, estivemos lá ontem (terça-feira,07), mas foi um bate-papo informal. O Caco é meu amigo e fazia tempo que não conversávamos”, se limitou Reinaldinho.

Um pouco mais provocado pela reportagem do Acontece Botucatu sobre o teor do encontro e o que tinha sido debatido, ainda adotou a cautela, mas admitiu que a política pautou o encontro.

“Claro que falamos de política, não tem como evitar. Reitero que gosto muito do Caco e nosso encontro foi bem informal”, completou Pré-candidato a prefeito pelo PR.

 Caco Colenci é peça estratégica no tabuleiro

Caco Colenci negou qualquer tipo de conversa, embora o encontro tenha ocorrido, pelos menos nas palavras de Reinaldinho e Lelo Pagani. Está cauteloso, procura não dar publicidade sobre suas conversas. Faz parte do jogo político.

“Estou saindo de viagem, vou para Machu Picchu (Local sagrados dos Incas no Perú) daqui alguns dias. Quero viajar e descansar” comentou Caco Colenci.

A verdade é que Caco Colenci movimenta nos bastidores todo o cenário político e sua posição pode determinar o ritmo do jogo nos próximos meses. Pessoas ligadas ao prefeito João Cury e ao pré-candidato do PSDB Mário Pardini dizem que o ex-Secretário de Governo pode ser uma ”bomba relógio”.

psdb-candidatos
No PSDB, Caco esperava ser o vice de Pardini. Foi para o PV

Segundo informações próximas de Caco, ele estaria realmente muito irritado com João Cury por ter sido preterido na escolha do vice de Pardini, indicação que ficou com André Peres, agora no PC do B. Em dezembro Caco deixou a disputa na indicação para ser candidato e organizou um levante de partidos para apoiar Pardini, o objetivo seria se viabilizar como vice.

A indicação de André Peres e a forma como o processo foi conduzido por João Cury, presidente do PSDB, teria irritado partidos como próprio PV de Caco e o DEM. Assim se posicionaram membros dos partidos que estão com Caco Colenci.

Com Mário Ielo a conversa não teria empolgado. Por várias vezes ambos deram declarações públicas de que tinham ideologias diferentes. Caco poderia ser o apoio político e financeiro que o ex-prefeito necessita. Ainda podem retomar os diálogos.

Já com Reinaldinho e Lelo a contribuição seria administrativa. Colenci é elogiado por quase todos os atores políticos por sua habilidade nos bastidores e pela capacidade em tocar projetos. Experientes no legislativo, os pré-candidatos da chapa PR/Rede poderiam ter dificuldade em desvendar os segredos do executivo. “O Caco é o homem certo. É o cara que tem a senha do cofre”, disse uma fonte na condição de anonimato.

Recentemente, em conversa informal com o Acontece Botucatu, Rodrigo Biasotti, presidente do PV, partido de Caco, se mostrou descontente com a situação vivida na escolha de André Peres para vice de Pardini. Apenas se limitou a dizer que esperaria os próximos capítulos e que o partido estava estudando outros rumos.