Câmara consegue isenção de tarifas de pedágio

A Câmara Municipal de Botucatu conseguiu no início do mês de fevereiro, um importante benefício que vai gerar economia aos cofres públicos da casa. Isso porque desde o dia dois do referido mês, os três carros que compõem a frota da Casa de Leis que são utilizados por legisladores e por servidores em viagens de trabalho agora estão isentos do pagamento das tarifas de pedágio.

Agora os carros oficiais deixaram de utilizar o aparelho com cobrança automática e circulam com um cartão de isenção de pedágio que é cadastrado exclusivamente para cada carro. Nele constam todos os dados do veículo, inclusive seu número de patrimônio. Para contar com a isenção, basta que o cartão seja apresentado na cancela.

Nem todas as praças de pedágio contam com o referido sistema. Hoje, a concessão é válida apenas para as concessionárias: Autoban, Tebe, Vianorte, Intervias, Centrovias, Triangulo do Sol, Autovias, Renovias, Viaoesta, Rodovias das Colinas, SPVias e Ecovias. O benefício obedece à Portaria nº 13 da Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp, emitida em maio do ano passado.

O grande benefício para a Câmara Municipal com a confirmação da isenção é a economia gerada aos cofres públicos.  “Trata-se de mais uma importante prova de como a Câmara consegue gerir bem o seu dinheiro. Com essa isenção, economizaremos um valor considerável que gastamos todos anos com as tarifas que eram pagas em viagens de interesse do município”, explicou a diretora do Legislativo, Silmara Ferrari de Barros (foto). Somente em 2014 foram gastos R$ 2.500.