TOR faz apreensão de 11 quilos de pasta de cocaína pura

Na noite desta quarta-feira (24), por volta das 21h30, a Polícia Militar Rodoviária de Botucatu, através da equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), fez a apreensão de 11 quilos de pasta de cocaína, dividida em 11 “tijolos” de um quilo cada um. A operação militar se deu no km 208 da Rodovia Castello Branco.

Tudo começou quando os policiais militares em fiscalização de rotina deram sinal de parada a um veículo Chevrolet Montana Sport, placas ALS-2171, de Missal, PR, tipo caminhonete, conduzido por Gerson de Souza, de 29 anos de idade. Segundo o próprio motorista o carro vinha de Mato Grosso do Sul e teria como destino a cidade do Rio de Janeiro.

No diálogo, os policiais especializados desconfiaram do motorista que deu sinais de nervosismo e ficou confuso, titubeando ao dar informações. Na vistoria feita ao carro, os policiais perceberam que o fundo da caçamba da caminhonete havia sido violado. Ao perceber que a polícia iria “rasgar” a lataria do carro, Gerson de Souza acabou confessando que estava fazendo o carregamento da droga de Mato Grosso do Sul para o Rio de Janeiro e receberia pelo “trabalho”, a quantia de R$ 5.000,00 e ficaria com o Montana. Porém, não soube dizer de quem era a droga e para quem ela seria entregue.

De acordo como o comandante da Polícia Rodoviária de Botucatu, tenente Ricardo Maganha, o trabalho foi coroado de êxito em razão da perspicácia dos patrulheiros do TOR no momento da abordagem. “Nesse caso, a experiência dos patrulheiros valeu muito, pois a droga estava muito bem escondida em um local de difícil acesso na lataria do carro. No diálogo, o motorista se mostrou apreensivo e contou uma história que não convenceu nossos policiais. A partir daí o crime de flagrante de tráfico de entorpecentes foi descoberto”, revelou Maganha.

O comandante também revela que, por estarem localizadas em um ponto, geograficamente, estratégico do Estado, as rodovias de Botucatu são usadas como corredor de tráfico para distribuição de droga e dão acesso a diferentes regiões do País. “Nosso trabalho consiste em realizar as operações para coibir o tráfico na nossa região e somente este ano mais de 600 quilos de drogas foram apreendidos”, lembra o comandante.

O carro com a droga foi, literalmente, cortado para que a droga fosse retirada. O trabalho foi realizado na base da Polícia Militar Rodoviária de Botucatu, na Rodovia Marechal Rondon. Segundo apurou a reportagem os 11 quilos da pasta de cocaína se transformariam em, pelo menos 33 quilos de cocaína e, posteriormente, em centenas de porções para venda ao usuário.

Depois de concluir o trabalho na base rodoviária, os policiais do TOR, conduziram Gerson de Souza ao Plantão Permanente da Polícia Civil de Botucatu, onde foi autuado em flagrante e enquadrado em crime de tráfico de entorpecentes, sendo recolhido ? Cadeia Pública local. Caso haja condenação ele poderá pegar uma pena que varia de cinco a 15 anos de reclusão.

Fotos> Jornal Acontece Botucatu