Polícia Militar flagra dupla com 63 pedras de crack

A Polícia Militar (PM) de Botucatu em um trabalho coordenado pelo sargento Laudo e soldado Roma, tendo no apoio os soldados Márcio e Moreno, realizou dois flagrantes de tráfico de entorpecentes na Rua Antônio Fumes, região da Vila Antártica, em horários diferentes.

O primeiro no início da manhã desta sexta-feira, por volta das 7h30, quando apreendeu um adolescente infrator de 16 anos de idade que estava praticando o crime de tráfico. Com ele foram apreendidas 16 pedras de crack, duas porções de maconha, R$ 130,00 e vários saquinhos plásticos para embalagem da droga.

“Ele havia acabado de iniciar sua “jornada” naquela região e ainda estava com as mãos sujas de terra em razão de ter desenterrado a droga que estava comercializando. Este local é um ponto conhecido de venda de drogas”, revelou Laudo. O adolescente prestou depoimento ao delegado Carlos Improta Julião Filho e foi encaminhado ao juiz da Vara da Infância e Juventude, Josias Martins de Almeida Júnior.

No período da tarde, por volta das 15 horas, os policiais militares sargento Laudo e soldado Roma realizaram nova operação nessa mesma rua, onde foi preso em flagrante Wesley Gimenez Braga, de 19 anos, casado, com um filho de pouco mais de um ano e outro pra nascer. Com ele estava um adolescente de 17 anos, que já teve duas internações na Fundação Casa, que lhe custou dois anos e quatro meses de internação. É amasiado e tem um filho com menos de um ano de idade.

Na operação foram apreendidas 63 pedras de crack, dois celulares, três televisores, uma balança de precisão e R$ 91,00 em dinheiro. “Nós apreendemos um adolescente pela manhã e ? tarde já havia outro em seu lugar que estava sendo “abastecido” pelo Wesley que trouxe a droga em uma motocicleta”, revelou Laudo. “E vamos continuar desenvolvendo operações naquela região, pois existe rotatividade no tráfico com foi o caso de hoje. Nós tiramos um traficante de circulação e outro acaba assumindo seu lugar”, acrescentou o oficial da PM.

Encaminhados ? Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), Braga e o adolescente infrator prestaram depoimento ao delegado Paulo Fábio Buchignani, que fez o enquadramento de ambos em flagrante de tráfico de entorpecentes. O adolescente infrator foi encaminhado ao juiz da Vara da Infância e Juventude e Braga recolhido ? Cadeia Pública local. A assistência jurídica aos (três) acusados foi prestada pelo advogado Vitor Deleo.

Na somatória a PM apreendeu nas duas operações na mesma rua, porém em horários diferentes, um total de 79 pedras de crack, duas porções de maconha, R$ 221,00 em dinheiro, dois celulares, três televisores, uma balança de precisão e vários saquinhos plásticos usados para embalar droga.

Fotos: Jornal Acontece Botucatu