PM faz apreensão de 1.240 pedras de crack

Um trabalho realizado na manhã deste domingo (30) pela equipe Bravo da Polícia Militar (PM) de Botucatu com o tenente Bruno, cabo Oliveira e soldados Fátima, Leite, Emerson, Alex, Marchezini, Trovão e Carvalho, tirou de circulação 1.240 pedras de crack, já devidamente embaladas e prontas para venda direta aos usuários, além da prisão em flagrante de um cidadão chamado Jackson Alves Pereira, de 25 anos de idade.

Operação teve início quando os policiais militares cabo Oliveira e soldados Fátima e Leite efetuavam patrulhamento pela Rua Ariovaldo Corrêa Pinto, na Vila São Luís e avistaram um veículo VW Gol de cor branca, placas de Botucatu suspeito. Ao perceber que seria abordado pela PM o condutor (Pereira), abandonou o carro em via pública e fugiu correndo levando consigo uma sacola.

Após pular por vários quintais de residências o averiguado se refugiou em um matagal. Foi solicitado reforço e a área foi cercada para evitar qualquer possibilidade de fuga. Policiais adentraram ao mato e localizaram Jackson Pereira escondido com a bolsa, onde estavam as 1.240 pedras de crack e R$ 10,00.

Questionado pelos policiais, Pereira revelou que a droga seria para abastecer diferentes pontos da Cidade conhecidos como “biqueiras”. Porém não precisou os locais onde o entorpecente seria entregue, nem como havia conseguido a droga para fazer o abastecimento.

Após prestar depoimento no Plantão Permanente e ser enquadrado em flagrante de tráfico de entorpecentes (artigo 33 da Lei de Entorpecentes) pelo delegado Celso Olindo, o indiciado foi recolhido ? Cadeia Pública de Itatinga e deverá ser encaminhado nas próximas horas ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César. Caso seja condenado poderá pegar uma pena que varia de 05 a 15 anos de reclusão.