Homem é acusado de ato obsceno contra crianças

Um caso denunciado como ato obsceno envolvendo três crianças (duas de 11 anos e uma de 10) e um homem de 45 anos, foi atendido pela equipe do Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gape), com os agentes municipais Pichinin, Nogueira, Vaz e Lourenço, na região da Vila Assunção.

Em contato com as crianças, acompanhadas de seus respectivos genitores os guardas foram informados que o acusado estava em uma caminhonete e ao chegar perto das crianças desceu do veículo com as partes genitais para fora da calça e correu atrás delas. No local os agentes coletaram as características do referido homem e o possível local onde morava.  A equipe foi até o endereço repassado e o homem mostrou-se receoso para sair de casa.

Ao ser realizado o reconhecimento através de foto as crianças o reconheceram e ficaram muitos nervosas, relatando também que não era primeira vez que ele praticava tal ato. O acusado negou ter praticado tal ato e que teria acabado de chegar a sua residência. Diante da situação, as partes foram encaminhadas ao Plantão Policial onde o delegado Nelson Burin Neto tomou ciência do caso e elaborou o Termo Circunstanciado (TC) de natureza ato obsceno/importunação ofensiva ao pudor e após orientação as partes foram liberadas.