GPA faz a apreensão de 48 aves em Rubião Júnior

Fotos: David Devidé

Na manhã deste sábado (1º de junho) o Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Civil Municipal de Botucatu (GCM) com os agentes Carlos e Amâncio, contando com o apoio do inspetor Barcaça e agente Gisele, atenderam a uma denúncia de maus tratos contra pássaros na Rua Jairo Zucari, Distrito de Rubião Junior.

Na residência havia 47 aves sem nenhuma documentação e várias estavam com as gaiolas sujas com falta de alimentos e sem água. Foram apreendidos 16 canários do reino, 14 canários da terra, 02 coleirinhas, 03 pintagóis, 01 pintassilgo e 01 curió.

As aves, juntamente com o proprietário, J.C., de 54 anos de idade, que é comerciário e revelou que há cinco anos mantinha as aves em sua residência, foram conduzidas ao Plantão Policial aonde a autoridade de plantão tomou as providências. O responsável por estas aves não ficou preso, mas deverá responder por crime contra o Meio Ambiente e pagar uma multa que se aproxima dos R$ 50 mil.

As aves foram apreendidas e os fatos transmitidos a Polícia Militar Ambiental. Os canários do reino e os pintagóis, por serem aves exóticas foram devolvidos. Já o restante são silvestres e só podem ser mantidas em cativeiro com autorização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e produtos Renováveis (Ibama).