GCM flagra estelionatária agindo em posto

A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada a comparecer em uma loja de conveniência de um posto de gasolina localizado na Rua Joaquim Nabuco, na Vila Maria, onde a funcionária informou que uma jovem de 17 anos, que ainda permanecia ao local, passou diversos números de celular para que fosse feita a recarga.

A menina alegou que os celulares que estava sendo recarregados eram da empresa do seu pai e o tempo todo ficou conversando ao celular enquanto aguardava as recargas. Entretanto, a funcionária daquele estabelecimento comercial desconfiou quando o valor chegou a R$ 455,00 e pediu que a adolescente pagasse as recargas.

Nesse momento a pessoa que, supostamente, estaria do outro lado da linha telefônica ao ouvir a cobrança teria desligado e a jovem informou que não teria como pagar as recargas feitas. Indagada pela GCM ela revelou que havia recebido um telefonema onde um homem do outro lado se identificou como um funcionário do SBT. Pedindo dados dela e da família ele garantiu que iria ganhar uma casa e o valor de R$ 50.000,00.

Porém, para receber o prêmio ela deveria ir até um estabelecimento comercial para fazer as recargas e que não precisaria de dinheiro para isso. O fato foi apresentado na 2º Central de Polícia Judiciária e após elaboração do Boletim de Ocorrência (BO) e orientação, as partes envolvidas foram liberadas.