Cascavel e “cobra de vidro” são capturados pela GCM

Uma cobra cascavel, considerada com alto teor de peçonha (veneno) e índice de mortalidade foi localizada nesta quarta-feira (13) foi capturada pelos agentes do Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Civil Municipal (GCM) Rodrigues e Prado na Fazenda Boa Esperança na Região do Bairro rural de Piapara.

Os agentes foram acionados através de um chamamento feito através do número 199, revelando que existia uma serpente defronte a residência do caseiro da fazenda. Os agentes rumaram até lá e constataram tratar-se de uma cobra venenosa. Os guardas efetuaram captura do réptil, que foi transportado ao Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos (Cevap), na Fazenda Lageado.

{bimg:38540:alt=interna:bimg}

{n}Cobra de vidro{/n}

Os mesmos agentes também fizeram a captura de um lagarto, conhecido como “cobra de vidro”, pela sua semelhança com o réptil, na Avenida Petrarca Bacchi, na Vila Maria, defronte a um estabelecimento comercial, onde segundo informações teria uma cobra no local.

Com a chegada dos GCM’s foi constatado que se tratava de um lagarto e se destinge da cobra porque os lagartos possuem pálpebras móveis e as cobras não. Além disso, a sua língua é dividida em vez de bifurcada, como acontece nas cobras e a troca de pele desses lagartos ocorre em farrapos, em vez da pele inteira. O animal foi resgatado e levado até o Cevap.