Casal é preso acusado de tráfico no Jardim Brasil

A Polícia Militar (PM) de Botucatu com o sargento Domingos e soldados Sidney e Marcos, realizaram uma operação que culminou com a prisão de Wanderson do Espirito Santo Silva, de 27 anos de idade e de uma mulher de nome Monique Dias, que acabaram indiciados em crime de tráfico de entorpecentes e recolhidos ? cadeia.

Guarnição da viatura I-12127, efetuava patrulhamento pela Avenida Francisco de Oliveira Leite, região do Jardim Brasil, quando abordaram Monique, que carregada uma mochila nas mãos, contendo 122 porções de cocaína (pesando 57 gramas), um pote de margarina com mais 156 gramas da mesma droga para ser embaladas em porções, que ela disse pertencer a Wanderson.

Os policiais deslocaram-se, então, até a casa do acusado, que foi surpreendido sem ter tempo de esboçar nenhuma reação. Na casa foi apreendido um caderno com anotações, nove embalagens de sorvete com 100 saquinhos cada uma, dois telefones celulares que estão sendo periciados, quatro colheres e R$ 281,00.

Assistido pela advogada criminalista Silvana Pradela, o rapaz afirmou que a droga não lhe pertencia e ele trabalha como autônomo fazendo serviços de servente de pedreiro. Sobre o caderno alegou que as anotações eram de vendas de DVDs e CDs, em parceria com seu tio que é camelô.

Os dois foram encaminhados ao Plantão Permanente e enquadrados em crimes de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico pelo delegado Geraldo Franco Pires. Ele acabou recolhido ? Cadeia Pública de Botucatu e a mulher ? Cadeia (transitória) de Itatinga. Ambos estão sujeitos a ser condenados uma pena que varia de 05 a 15 anos de reclusão.