Cabeleireiro é encontrado morto em sua casa

Fotos: Luiz Fernando

Na manhã desta quarta-feira (2) o cabeleireiro Sérgio Augusto Contessotte, de 46 anos de idade, foi encontrado sem vida em sua na casa que faz divisa com seu salão de cabeleireiro no cruzamento das ruas Curuzu com a Djalma Dutra, região central da Cidade. Corpo de Contessote foi localizado por uma funcionária que estranhou sua demora em abrir o salão e acionou a Polícia Militar que esteve no local com os soldados Lofiego e Bianchi.

Inicialmente foi aventada a possibilidade de que poderia ter ocorrido um homicídio ou mesmo um suicídio, mas com a avaliação feita pela Polícia Técnica Científica essas hipóteses foram descartadas. Também não foi constatado que o cabeleireiro tivesse inimigos ou problemas de saúde e no dia anterior trabalhou normalmente até o início da noite. O que chamou a atenção foi o homem estar nu e ao seu lado havia três pedras de crack e uma lata de refrigerante, comumente usada para fazer uso da droga. Testemunhas que o conheciam revelaram que ele era usuário.

No local também estiveram o delegado Celso Olindo e os policiais civis Caio e Vitor que coletaram informações, mas tudo indica que o cabeleireiro teve uma parada cardíaca, provavelmente, por ingestão de droga (overdose). “Por enquanto não podemos afirmar nada e temos que aguardar a conclusão do laudo pericial que será feito pelo Instituto de Criminalística (IC)”, disse o delegado Celso Olindo.