12º BPM-I realiza incineração de bandeiras inservíveis

Na manhã desta quinta feira, o 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), de Botucatu que agrega a 13 municípios da região, realizou a solenidade alusiva ao Dia da Bandeira. O objetivo é demonstrar o espírito cívico-militar.

Na ocasião do evento, realizado defronte a sede do 12º BPM-I, foram incineradas várias bandeiras consideradas inservíveis. A oradora oficial do evento foi a Chefe da Seção de Relações Públicas, capitão Kátia Regina Firmino Christófalo.

Entre os presentes estiveram o comandante do 12º BPM-I, tenente coronel José Aparecido Godoy Siqueira; o sub-comandante major Jorge Miguel, o major Marcelo; o comandante do Tiro de Guerra (TG) de Botucatu, subtenente Gutemberg Martins de Moraes; o 1º tenente do Exército, Eduardo, entre outras autoridades militares.

Também marcaram presença, acompanhando a solenidade, alunos que fazem parte dos projetos da Polícia Militar como o JJC – Jovens Construindo a Cidadania e Proerd – Programa Educacional de Resistência ? s Drogas e ? Violência. O comando da tropa perfilada foi do tenente Leonardo Bruno.

Usando a tribuna o comandante PM Siqueira fez uma explanação geral sobre o objetivo do evento, que acontece uma vez por ano, enfocando o significado de cada uma da quatro cores da bandeira brasileira (azul, amarelo, verde e branco). O próprio tenente coronel Siqueira e o tenente do Exército Eduardo Vicentini fizeram o hasteamento das bandeiras brasileira e paulista, respectivamente.

Em seguida a capitão Kátia chamou o policial, 2º sargento Elias da Silva, que tem mais tempo de serviços prestados ao 12º BPM-I, para acender a pira onde as bandeiras inservíveis foram incineradas. Na sequencia foi realizado o desfile da tropa, ato que finalizou o evento.

Por: Quico Cuter
Fotos e vídeo: Valéria Cuter