Prefeito de Avaré assina convênio para a construção do AME

O prefeito da Estância Turística de Avaré, Paulo Dias Novaes  Filho, o Poio, assinou no Palácio dos Bandeirantes convênios para beneficiar a área da Saúde da cidade. Os repasses serão para a instalação do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) no prédio do antigo Hospital Geral, no Bairro Brabância; para a reforma do Centro de Saúde I (Postão da Rua Acre) e construção de duas novas Unidades Básicas de Saúde (UBS), uma no Residencial Mário Emílio Bannwart e outra no Jardim Dona Laura, loteamento recém-aberto próximo à Vila Jardim.

Os investimentos previstos para Avaré estão inclusos nos R$ 56,2 milhões destinados ao Vale do Jurumirim por meio de financiamento do Governo do Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O AME oferecerá atendimento regional para problemas de saúde diagnosticados na rede básica. Além disso, terá à disposição da população, consultas, exames médicos e pequenas cirurgias.

“A construção de mais duas UBS reforçará a reestruturação da rede básica de Saúde implantada pela Prefeitura com a edificação em curso de cinco UBS. Vamos consolidar uma completa reestruturação no atendimento aos pacientes. Os desafios ainda são muitos e temos ainda muitas conquistas para cidade”, diz o prefeito.

Ele lembra que, com a confirmação do repasse estadual, a cidade passará a contar com sete novas UBS, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o AME e o Centro Especializado em Reabilitação (CER), já em construção atrás do Campo Municipal.

 

Complexo cultural

O prefeito também foi verificar as obras do Complexo Cultural Esther Pires Novaes, iniciada há cerca de 20 dias.  Acompanhado do secretário Gilson Câmara (Cultura), o prefeito vistoriou a planta do projeto que será efetuado nas amplas salas do complexo. A obra, além de ser necessária para a reabertura do Teatro Octávio Morales Moreno, vai garantir novos espaços para ações culturais, esportivas e ainda para uso da comunidade.

A empresa ConstruArt Construtora, responsável pela obra, terá quatro meses para executar a reforma. Após a conclusão, o antigo prédio no Nocaija passará a atividades da Secretaria Municipal da Cultura, como o Projeto Guri, as Oficinas Culturais José Reis Filho, a Biblioteca Ramal, entre outros. Todo o telhado dos prédios está sendo retirado e paredes estão demolidas para ampliação de salas conforme o memorial descritivo.

Para o prefeito, a conquista do novo espaço representa um avanço para os eventos realizados pela Prefeitura. Outra possibilidade é a ampliação da programação do Projeto Guri, custeado em parceria com o Governo do Estado. “Podemos pleitear mais aulas e consequentemente oferecer mais vagas para jovens avareenses, novos postos de trabalho para professores de arte da cidade. Aqui, vamos também sediar eventos, reuniões, oficinas culturais, uma série de realizações que hoje são deslocadas para outros prédios em razão da falta de espaço adequado. Este problema será resolvido”, disse.