Vice-reitor inaugura várias obras na Unesp de Botucatu

O professor Julio Cezar Durigan, vice-reitor no exercício da Reitoria da Unesp, visitou Botucatu para participar de reuniões e inaugurar diversas instalações na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) e Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ).

Na Fazenda Experimental Lageado, Durigan participou da reunião da Congregação da FCA. Na sequencia, participou de uma pequena maratona de inaugurações. No Departamento de Produção Vegetal, inaugurou a ampliação do Laboratório de Campo da Agricultura e salas de aulas no setor de Defesa Fitossanitária, para utilização do Programa de Pós-Graduação em Proteção de Plantas.

No Departamento de Recursos Naturais, foram inaugurados o Laboratório de Preparo de Amostras, no setor de Ciência do Solo e o Laboratório de Secagem e Preservação da Madeira, no setor de Ciências Florestais.
O vice-reitor no exercício da Reitoria inaugurou ainda uma sala de aula do

Departamento de Gestão e Tecnologia Agroindustrial, o poço artesiano, instalado próximo ? área esportiva da FCA, que já está contribuindo para o abastecimento de água na Fazenda Lageado, e participou do descerramento da placa que deu o nome de “Professor. Dr. Angelo Cataneo” ao Laboratório de Informática.

“São obras muito significativas para a unidade. Certamente vão trazer frutos, pois vão dar condições para que as pessoas trabalhem melhor e produzam mais”, analisou Durigan. “E já está aprovada a construção do Laboratório Central Multiusuário, uma obra de R$ 4 milhões, que vai abrigar grandes equipamentos e trará um ganho fantástico para a FCA”.

A programação na Fazenda Experimental Lageado foi encerrada com a inauguração das novas instalações do Centro de Raízes e Amidos Tropicais (Cerat).

{n}FMVZ{/n}

Na FMVZ, o vice-reitor no exercício da Reitoria inaugurou as áreas do Centro de Diagnóstico por Imagem da FMVZ específicas para a Tomografia Computadorizada e para Ressonância Magnética. Além de atender a rotina do Hospital Veterinário, o Centro de Diagnóstico por Imagem também abre novas perspectivas para as pesquisas realizadas nessa área.

“Os projetos multiusuários que nos permitiram essas obras aconteceram graças ao empenho de diversos docentes de vários Departamentos da Faculdade”, explicou o diretor da FMVZ, professor Luiz Carlos Vulcano. “Toda nossa comunidade está de parabéns”.
Durigan também parabenizou a FMVZ pelas novas instalações. “Esse empenho tem que continuar. Uma boa infraestrutura é fundamental para que as pessoas trabalhem bem e para que a unidade continue a ter um trabalho de ponta na pesquisa e a qualidade de seus cursos, hoje plenamente reconhecida”.

O professor lembrou que equipamentos de ressonância magnética e tomografia computadorizada são raros no atendimento veterinário. “É um diferencial que a FMVZ tem. São exemplos assim que fazem a Unesp crescer e conquistar mais prestígio nas avaliações externas”.

Encerrando sua visita a Botucatu, o vice-reitor participou de uma reunião com uma comissão encarregada dos estudos sobre a transferência da FMVZ para a Fazenda Experimental Lageado, projeto que teve a participação do professor doutor Carlos Teixeira, responsável pelo Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas).

“Essa decisão é muito importante e tem que ser tomada considerando o que seria melhor para a unidade”, disse Durigan. “A Reitoria assumirá aquilo que for decidido pela comunidade. A mudança é algo que pode ser feito com nossos recursos, mas não de uma única vez. Precisamos planejar com cautela para viabilizar o desejo da comunidade. Queremos que as unidades da Unesp estejam cada vez mais fortes”.