Senac terá teleconferência que debate o tabagismo

O Senac de Botucatu terá transmitida ao vivo no dia 27 de maio de 2014, das 15 às 17 horas (horário de Brasília) uma teleconferência que irá abordar o tema:  “Tabagismo: como e por que parar?”. O Senac está localizado na rua Doutor Rafael Sampaio, 85. Outras informações pelo telefone (14) 3112-1150.

O tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo, responsável por 200 mil óbitos apenas no Brasil. E o fumante sabe como é difícil largar o vício. Um dos fatores que elevam o número de dependentes do cigarro é a facilidade de acesso à droga. Por isso é um desafio muito grande parar de fumar. É preciso ter força de vontade e disciplina. Porém, em muitos casos, a ajuda médica é fundamental. Mas o que fazer? Por onde começar? A quem recorrer?

Essas e outras questões serão debatidas nessa teleconferência promovida pela Rede Sesc-Senac de Teleconferência. O programa é uma iniciativa da Divisão de Saúde da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Sesc e Senac.

O debate contará com a participação de três especialistas: Sebastiana Regina Marinho Ribeiro, pneumologista, pós-graduada em Tratamento de Tabagismo (Divisão de Saúde CNC-Sesc-Senac); Cristina de Abreu Perez, psicóloga, supervisora da Comissão Nacional para Implementação da Convenção Quadro para o Controle do Tabaco (CONICQ) / Instituto Nacional de Câncer (Inca); e Jaqueline ScholzIssa, cardiologista do Instituto de Cardiologia de São Paulo (Incor).

A mediação será feita pelo jornalista Sidney Rezende, com apoio de Gildete Amorim, intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O público pode participar enviando perguntas, comentários e sugestões para o e-mail teleconfsesc@senac.br, o fax 0800-023-0220, o telefone 0800-283-0270 (ligação gratuita) ou ainda pelo Twitter @telesescsenac.