A saudade fica, a arquitetura também

Texto: Arquiteto Pedro Paulo Pacheco

Fonte: Revista Casa Vogue, editora Abril

A palavra que só na língua portuguesa consegue resumir vários sentimentos, é o tom que vai marcar para sempre os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, Saudade.

Mas nem só de saudade vai ficar a cidade maravilhosa, um imenso legado de urbanização e edifícios arrojados, marcam o início de uma grande alavancada no pais onde Deus é conterrâneo de todos nós.

ppp-2
Estádio Aquático Olímpico – Fonte: Revista Casa Vogue, editora Abril

As grandes obras Olímpicas completam de arquitetura as cidades anfitriãs, desde 1964 onde o Japão mostrou ao mundo que a arquitetura olímpica é o melhor cartão de visitas do país anfitrião.  No Rio, essas obras vão deixaram sua marca para a posteridade, onde o principal partido arquitetônico foi flexibilidade dos espaços.

Estádio Aquático Olímpico

Projetado pelo escritório alemão Von Gerkan, Marg und Partner, possui em sua estrutura a simplicidade cheia de sofisticação arquitetônica, um imenso painel com a obra da artista plástica Adriana Varejão. Terminadas as competições esse complexo com 18 mil assentos e 2 piscinas será desmembrado e transformado em 2 estádios para treino de atletas de alto rendimento.

Arena do Futuro

ppp-3
Arena do Futuro – Fonte: Revista Casa Vogue, editora Abril

Projetado pela ação em conjunto dos grandes escritórios: Lopes Santos & Ferreira Gomes, MBM, DW e Oficina de Arquitetos, é o mais belo exemplo de arquitetura nômade, os arquitetos deixaram as vigas e estruturas aparentes, emolduradas por telas horizontais que servem tanto para fixar a estrutura, como decorativo na fachada. Um belo exemplo de estrutura que completa a beleza da arquitetura.

ppp-4
Arena da Juventude – Fonte: Revista Casa Vogue, editora Abril

Este belo projeto será desmontado e vai ser remodelado para se tornar quatro escolas municipais, em quatro diferentes endereços, para os arquitetos esta obra não está concluída, vai ser realmente terminada quando se transformar nas quatro escolas e trazer o futuro para muitas crianças.

Arena da Juventude

Projeto do renomado escritório Vigliecca & Associados, tem no seu conceito a tecnologia, localizado no bairro de Deodoro, possui fachadas ventiladas por membranas teladas e painéis pivotantes. Adaptando a estrutura concebida nos jogos Pan-Americanos, essa arena vai ser a casa de um centro de aperfeiçoamento de atletas.

Arenas Cariocas

ppp-6
Arenas Cariocas – Fonte: Revista Casa Vogue, editora Abril

O maior complexo do parque olímpico é assinado pelo escritório britânico Aecom e Arqhos Arquitetura, possui 85 mil metros quadrados e tem em sua concepção a sustentabilidade, focada na economia de energia através de iluminação e ventilação natural. O melhor está por vir, após o termino dos jogos, as arenas juntas se tornarão no maior complexo esportivo da América Latina, onde o Rio poderá treinar seus atletas e receber inúmeros jogos de porte internacional, com um dos mais modernos complexos de arenas do Mundo.

Em tempos de felicidade ou crise, o brasileiro sempre teve orgulho do Rio de Janeiro, e agora pode ter mais ainda, sentir no peito aquela saudade, e o alivio de ter feito o trabalho eficiente e correto. Um espetáculo, na cidade nada menos que MARAVILHOSA.

ppp-Capa
Festa de encerramento dos Jogos Olímpicos do Rio – Fonte: Wall Street Journal