Pesquisador da NASA visita a Unesp de Botucatu

Pesquisador vinculado ? NASA – National Aeronautics and Space Administration NASA (Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço), Ivan Gláucio Paulino Lima, esteve na abertura da 13ª edição do Workshop de Genética do Instituto de Biociências de Botucatu/Unesp (IBB), no campus de Rubião Júnior, para contextualizar avanços da genética e suas aplicações em diversas áreas do conhecimento e reunir estudantes de graduação, pós-graduação, além de professores e pesquisadores.

Ivan frisou, em suas considerações, os principais conceitos da astrobiologia, empreendimento científico que visa compreender questões como origem, distribuição e futuro da vida no universo. O palestrante integra um dos centros de pesquisa da agência espacial norte-americana há mais de um ano e seus estudos buscam vida em outros planetas por meio da descoberta de vida de microorganismos, além da adaptação dos mesmos em lugares inóspitos e com condições adversas de sobrevivência.

Ainda durante a palestra foi abordado o papel da astrobiologia na compreensão de questões como a origem, distribuição e futuro da vida no universo. Ivan reforçou a participação brasileira nas pesquisas sobre a sobrevivência de organismos em diferentes situações. “O Brasil tem contribuído com pesquisa na composição química dos corpos interplanetários e na observação de microorganismos extremófilos, com as ações na Antártida (em específico na Base de Alcântara, instalada naquele continente)”, ressalta.

Ele citou as contribuições atuais da genética e mais recentemente da biotecnologia e da biologia sintética e fez um paralelo com as descobertas obtidas pela NASA. “A comunidade científica, em suas análises, tem apontado para a existência de microorganismos como conhecemos na Terra, em outros planetas. É uma questão de tempo para se confirmar tal possibilidade, e um dos focos é Marte, principalmente por existir evidência de água em seu subsolo”, resume.

{n}Avanços científicos{/n}

A abertura do workshop ocorreu na noite de 16 de maio, no salão nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) e teve a presença da diretora do IBB, Maria Dalva Cesario; além de Sony Dias Bicudo, na ocasião representando o pró-reitor de Pós-Graduação da Unesp, Ricardo Kokubun. Integraram a mesa, ainda, os professores Celso Luís Marino, vice-coordenador do programa de Pós-Graduação em Genética do IBB; e Marcelo Razera Baruffi, representante da regional paulista da Sociedade Brasileira de Genética.

Os presentes ressaltaram a oportunidade do debate e aprimoramento dos conhecimentos. “Este é um evento idealizado para troca de experiência e geração de novas ideias. Todas as discussões propostas neste workshop se tornam oportunas para o desenvolvimento científico”, frisou profª Maria Dalva.

{n}Aplicação genética{/n}

A 13ª edição do workshop de Genética do Instituto de Biociências prossegue nesta sexta-feira, dia 17, com foco na preservação ambiental e os impactos econômicos das pesquisas em genética. Os marcadores moleculares na produção animal serão debatidos por Yuri Tani Utsunomiya, da Unesp de Araçatuba. O uso forense da genética e a aplicação na conservação das espécies serão abordados em palestra do prof. José Eduardo Garcia, da Universidade Federal de Pernambuco.

Três temas terão destaque na realização de mesa-redonda com mediação do professor do IBB, César Martins. Pontos como elementos transponíveis, evolução do genoma e aspectos no RNA ribossômicos. Nestes debates estarão presentes os professores Thomas H. Eickbush, da Universidade de Rochester (EUA) e Claudia Marcia Aparecida Carareto, da Unesp de São José do Rio Preto.

Ainda terá destaque a produção cafeeira com considerações, a partir das 13h30, do professor Douglas Silva Domingues da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Na oportunidade o acadêmico irá mostrar pontos sobre estratégias biotecnológicas no melhoramento do café e o consequente impacto na economia. Em seguida, o controle epigenético – características de diversos organismos que são estáveis ao longo de divisões celulares- do desenvolvimento embrionário e seu efeito das biotécnicas de reprodução, é o foco da palestra de Lawrence Smith, da Unesp de Jaboticabal.

Ao final do workshop, o professor da Universidade de Lisboa (Portugal), Francisco Enguita, irá expor conceitos sobre a transcriptoma da não codificação no envelhecimento celular humano. As palestras do workshop serão no Salão Nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), campus de Rubião Júnior da Unesp.

{n}Minicursos{/n}

Além das palestras, o 13º Workshop de Genética também promoverá minicursos para os interessados. As vagas também são limitadas, conforme tema escolhido e disponibilidade do local, e terão acréscimo de R$ 5 no valor de inscrição ao evento.

Os temas, que concentrarão atividades práticas e teóricas, programados são: Epigenética do Câncer; Estilo de vida: influências genômicas e epigenômicas; Sequenciamento de DNA: De Sanger ? “Nova Geração”; Evolução molecular e a origem das espécies; Fundamentos de Biologia Sistêmica; Introdução ? filogeografia; DNA lixo; Aplicações do DNA Recombinante; MicroRNA: reinventando a expressão gênica e Técnicas moleculares: Alvo para descobrimentos de terapias anti-parasitárias e diagnóstico.

Fonte: Flávio Fogueral
Instituto de Biociências de Botucatu Unesp
Assessoria de Comunicação e Imprensa