Palmeiras conquista a Copa do Brasil e antecipa Libertadores

Depois de 13 anos sem um título de expressão, os palmeirenses estão, duplamente, em festa. Primeiro pela conquista do bi-campeonato na Copa do Brasil e pela classificação antecipada para disputar a Copa Libertadores de América do ano que vem.

A equipe comandada por Luis Felipe Scolari, o Felipão, fez uma campanha impecável e levou o título de forma invicta. A conquista palmeirense foi na noite desta quarta-feira, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR) quando empatou em 1 a 1 contra o Coritiba em jogo arbitrado por Sandro Meira Ricci. No primeiro jogo realizado em São Paulo, a equipe auriverde venceu por 2 a 0 e poderia perder até por 1 a 0 que ficaria com o título.
No primeiro tempo poucas chances de gols foram criadas e o resultado de 0 a

0 foi o retrato do que as equipes fizeram ao longo de 45 minutos. Já no segundo tempo o Coritiba entrou exercendo grande pressão contra os esmeraldinos e aos 16min Ayrton cobrando falta tirou o zero do marcador.
Entretanto, a alegria da torcida curitibana durou exatos 4 minutos. Aos 20min, Marcos Assunção cobrando falta colocou a bola na cabeça de Betinho que empatou a partida. Com isso o Coritiba passou a precisar de três gols, mas o empate caiu como ducha de água fria e a equipe passou atuar de maneira apática, sem vibração, facilitando o trabalho da defesa palmeirense.

Muito bem orientada por Scolari o Palmeiras manteve a posse de bola e o time mandante adiantou a marcação. No entanto, com o campo encharcado, as chances de gol foram escassas e não conseguiu reverter o placar. O Palmeiras, então, esperou o apito final para comemorar o título no campo adversário.

O Curitiba orientado pelo técnico Marcelo Oliveira atuou com: Vanderlei; Jonas (Ayrton), Emerson, Demerson e Lucas Mendes; Willian e Sérgio Manoel (Lincoln); Rafinha, Éverton Ribeiro e Éverton Costa; Roberto (Anderson Aquino).

Felipão tirou o jejum de títulos da equipe esmeraldina escalando: Bruno; Artur, Mauricio Ramos, Thiago Heleno (Leandro Amaro) e Juninho; Henrique, Marcos Assunção, João Vitor (Marcio Araújo) e Daniel Carvalho (Luan); Mazinho e Betinho.

Fotos: Divulgação