Muçulmano quer fundar Centro Islâmico em Botucatu

Fotos: Luiz Fernando

Está no Brasil o Sheikh Yunus Mustafá, presidente da Associação Internacional Para Ensino do Alcorão, e para uma missão especial com o propósito de divulgar o islam e manter contato com muçulmanos e membros da Associação Islâmica Ummah, com sede em Governador Valadares. Ele fez uma visita a Botucatu com a finalidade de fundar o Centro Islâmico Salaf Salih, que servirá como pólo regional de estudo do islam, do idioma árabe e da cultura árabe/islâmica.

Em audiência com o prefeito João Cury Neto, o Sheikh apresentou o projeto de abertura em Botucatu do Centro Cultural Islâmico e se colocou ? disposição de manter tratativas com a cidade de Alexandria no Egito, onde reside e trabalha. A idéia é fazer um tratado internacional de cidades irmãs, nas áreas de cultura, turismo e de negócios.

Por sua vez o prefeito se propôs a ajudar na implantação do Centro Islâmico fazendo convênio e nomeando o Sheikh Yunus como interlocutor no tratado com a cidade de Alexandria e o Egito, bem como demais países da Liga árabe.

“Vamos desenvolver todos os esforços no sentido de divulgar Botucatu ao mundo árabe e na grande comunidade islâmica internacional”, disse Yunus, que fala Português, lembrando que a religião islam é a maior do mundo em números de fiéis, estando em torno de 1 bilhão e 500 milhões de muçulmanos nos mais de 200 países do mundo.