Inaugurado novo Centro de Equoterapia da Apape

Com presença de bom público, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (29) o novo Centro de Equoterapia da APAPE (Associação de Pais e Amigos das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais), nas dependências do Sítio São José, próximo ao loteamento Califórnia, em Rubião Júnior.

A cerimônia foi prestigiada por diversas autoridades, entre elas o prefeito de Botucatu, João Cury Neto; o deputado estadual Fernando Cury; o vice-prefeito Antonio Luiz Caldas Júnior; o presidente da Câmara Municipal, André Rogério Barbosa (Curumim); o vereador Ednei Carreira; o presidente da APAPE, Samir Daher Zacharias; a presidente de honra da APAP,  Edith Salvador Ribeiro; os secretários municipais Amélia Maria Sibar (Assistência Social), Paulo Malagutte (Políticas de Inclusão) e Perseu Mariani; além de representantes de empresas e entidades, da universidade, funcionários da APAPE e da imprensa. 

O coordenador do CEMPAS (Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens) da Unesp e proprietário do Sítio São José, Professor Carlos Roberto Teixeira, deu as boas vindas aos visitantes e fez um breve relato sobre a soma de esforços que permitiu a construção da grande estrutura que agora é colocada à disposição dos usuários da APAPE. 

O trabalho de equoterapia na APAPE foi implantado há aproximadamente 10 anos. Anteriormente, os praticantes realizavam as terapias ao ar livre, não tendo uma cobertura que os protegesse do sol ou da chuva. No ano de 2008, com o apoio do Instituto Pró Vida, a instituição recebeu a doação de parte dos materiais de construção necessários para o início das obras de um local apropriado para as atividades. Mas a dificuldade em conseguir mão de obra fez com que esse sonho fosse adiado por longos anos.

Em 2015, com o auxílio de alguns empresários de Botucatu, finalmente foram iniciadas as obras.

Agora, o novo centro conta com aproximadamente 2 mil metros quadrados de área construída, pista coberta de  400  m2, uma pista ao ar livre de 1.750 m2, sala de atendimento, dois banheiros totalmente adaptados, cozinha, selaria, depósito de feno, oficina e pátio de recreação. O projeto também leva em conta conceitos de sustentabilidade, como reaproveitamento da água da chuva.

Em seu discurso, o presidente Samir Zacharias fez questão de agradecer o apoio permanente de instituições como a Prefeitura de Botucatu, a Unesp e a Famesp, além de empresas, voluntários e funcionários que transformaram a instituição em um centro de excelência no trabalho de reabilitação, habilitação, estimulação, intervenção e inclusão social, responsável por 45 mil atendimentos por ano.

Durante a cerimônia, o deputado estadual Fernando Cury entregou à direção da APAPE a indicação de emenda parlamentar de sua autoria, no valor de R$ 30 mil, para apoiar as ações promovidas pela instituição. “Aguardo agora a liberação desse recurso por parte do nosso governador Geraldo Alckmin, com a certeza de que será muito bem utilizado em benefício das pessoas atendidas nesse projeto”, cita.

O prefeito João Cury enalteceu o trabalho desenvolvido pela APAPE e o apresenta como modelo a ser replicado por outras entidades do terceiro setor, pelos resultados alcançados, o alcance dos atendimentos que realiza e o profissionalismo e seriedade na gestão e prestação de contas. “O trabalho desenvolvido pela APAPE demonstra que nosso governo acerta ao ter como princípio a democratização do acesso ao recurso público. Em Botucatu temos um número enorme de entidades que todos os dias atendem e ajudam a tornar melhor a vida de milhares de pessoas. Hoje estamos aqui para dizer muito obrigado à APAPE”. 

Fique sabendo – A Equoterapia é um dos métodos evolucionistas e com ótimos resultados obtidos na melhora da condição de vida, saúde e de inclusão das pessoas com deficiência. Os atendimentos desenvolvidos baseiam-se em atividades que utilizam o cavalo como um meio de recurso terapêutico e esportivo, visando a melhora no desenvolvimento neuropssicomotor e a reabilitação, além de otimizar as potencialidades em Equitação esportiva aos praticantes, com ações e atendimentos individuais de Fisioterapia, Psicologia, Fonoaudiologia, com atividades e ações Esportivas de Equitação, Habilitação e Estimulação Pedagógica, visando à melhora da saúde física e mental, apoio social e psicológico para melhorar as condições de vida dos beneficiários e o fortalecimento dos vínculos dos respectivos familiares.

 (Ass. de Imprensa da Prefeitura)