Festa de Sant ´Ana atraiu grande público em cinco dias

Depois de cinco dias ininterruptos, foi encerrada na noite desta segunda feira as festividades de comemoração da Festa Sant´Ana, Padroeira da cidade. O evento trouxe para a comunidade um grande número de atividades e foram montadas em frente ? Catedral Metropolitana, diversas barracas com a feira de artesanato e culinária da Cuesta, promovida em conjunto com a Secretaria Municipal Adjunta de Turismo e diversas apresentações musicais no palco montado na praça.

Segundo dados da coordenação a festa recebeu algo em torno de 30 mil pessoas e a parte religiosa preparou o tríduo com missas realizadas durante os cinco dias, sempre a partir das 19 horas. No sábado a missa teve como celebrante o padre Márcio Godoy Júnior levando a família como tema.

No domingo, a partir das 10 horas, aconteceu a tradicional Missa Raiz (sertaneja) e, em seguida, foi servido o almoço italiano. À noite, a celebração da missa ficou por conta do padre da cidade de Pardinho, André Luis Benedito.

Já na segunda-feira quando se comemora, oficialmente, o feriado de Sant´Ana em Botucatu, aconteceu a missa italiana ? s 10 horas em honra a padroeira, celebrada pelo Arcebispo Emérito Dom Antônio Maria Mucciolo. Na sequência, o almoço onde os convidados apreciaram o “porco no rolete”.

Ainda na segunda-feira, no período da tarde, ? s 16 horas o Arcebispo de Botucatu Dom Maurício Grotto de Camargo celebrou a missa solene em homenagem ? padroeira. Em seguida os fiéis participam de uma procissão que percorreu várias ruas que circundam a Catedral. À frente da procissão, Dom Maurício levou o Santíssimo Sacramento. A festa se encerrou ? s 20 horas com o show pirotécnico e o show de Evangelização da cantora Celina Borges.

“A festa da padroeira se torna uma festa de todos, onde se festeja a vida e nossa comunhão, além de festejar a nossa possibilidade de transformar nosso sim a Deus em obras concretas no serviço aos irmãos. Continuamos com o mesmo objetivo nesta festa de Sant´Ana, ou seja, alimentar nossa fé e fortalecer nosso vínculo fraterno”, pregou Emerson Anizi, lembrando que toda renda será revertida em prol da continuidade do futuro Centro Catequético Missionário, para oferecer aos paroquianos um ambiente saudável de partilha e formação cristã.

Fotos: Valéria Cuter