Caminhões na área histórica do Lageado serão proibidos

A partir de 01 de setembro será proibido o tráfego de caminhões nas vias internas da Fazenda Experimental Lageado. Apenas caminhões que estiverem fazendo entregas ou prestando serviços para a Unesp serão autorizados a entrar na Fazenda Lageado.

A medida, tomada em conjunto pelas direções da Faculdade de Ciências Agronômicas e da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu, tem o objetivo de proteger o rico acervo arquitetônico da Fazenda, remanescente do final do século XIX e início do século XX.

O conjunto foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), órgão ligado a Secretaria de Estado da Cultura, em 2011. A área recebe um grande afluxo de visitantes, entre turistas e estudantes do ensino fundamental e médio da região.

No entanto, a circulação de veículos de grande porte, com altura e peso incompatíveis com as vias internas da Fazenda Lageado, tem colocado em risco o conjunto arquitetônico tombado. Já foram registrados pequenos danos a cartões postais de Botucatu, como a ponte que liga a tulha ao terreiro de café, que teve seu gradil danificado após a batida de um caminhão.

“É nosso dever zelar pela preservação do patrimônio público e pela integridade física das pessoas que visitam a Fazenda, já que se trata de uma área em que circulam várias crianças”, ressalta o professor Carlos Frederico Wilcken, vice-diretor da FCA. “Além disso, qualquer dano em estruturas na área tombada não pode passar por um conserto comum. Tudo tem que sofrer restauração, um serviço caro e que só pode ser feito por empresas especializadas”.

Fonte:
Assessoria de imprensa
Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp – câmpus de Botucatu/SP
Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais – Fepaf