APAE apresenta as obras viabilizadas com investimentos públicos

Na tarde desta sexta-feira (2), a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Botucatu realizou a cerimônia de entrega de uma série de obras realizadas em sua sede, localizada na Rua Dr. João Queiroz, 278, na Vila Sônia, que reuniu diversas autoridades, que foram recepcionados pelos alunos com shows de teatro e dança com o Grupo Abayomi, da professora Ana Luiza.

Os investimentos somam quase R$ 500 mil e serão importantes para a melhoria das condições de atendimento aos 218 portadores de deficiência intelectual e múltipla, na faixa etária de 6 a 66 anos, atendidos, atualmente, pela instituição.

A reforma total do salão social (640m2) foi viabilizada através de uma emenda do então deputado estadual João Mellão. O repasse de R$ 60 mil foi garantido através de convênio firmado com a Prefeitura Municipal de Botucatu.

As obras incluíram novo piso, colocação de forro com isolamento térmico para evitar o calor excessivo, adequação do palco, construção de rampas para permitir e facilitar o acesso de pessoas com deficiência física e construção de sanitário adaptado. Nesta reforma a entidade aplicou ainda aplicou R$ 43 mil de recursos próprios.

Outro convênio firmado com a Prefeitura, no valor de R$ 352 mil, possibilitou instalação de sistema de combate a incêndio e iluminação de emergência para atender exigência do Corpo de Bombeiros, a construção de 12 sanitários adaptados, reforma de 14 salas (490 m2), corredores da escola (270 m2), refeitório (250 m2), que receberam novo piso, forro de PVC com isolamento térmico, rampas de acesso, adequação das instalações elétricas e hidráulicas, instalação de bebedouros e sistema de contenção da luz solar para melhorar o conforto térmico. Também foi instalado forro PVC com isolamento térmico na sala de artes (150 m2) e aquisição de mobiliário.

Com recursos da ordem de R$ 46 mil, repassados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), fruto de incentivo fiscal do Imposto de Renda de uma empresa do Município e de algumas pessoas físicas, foi possível realizar a reforma total do parque infantil e aquisição de novos brinquedos (alguns deles adaptados para usuários de cadeiras de roda) e viabilizar a compra de um equipamento para içar pessoas com deficiência física, permitindo que elas utilizem a piscina aquecida da entidade.

Mais um investimento celebrado é a compra de uma kombi para o transporte de alunos. Convênio assinado permitiu que a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo repassasse R$ 30 mil, enquanto a APAE aplicou R$ 16 mil de recursos próprios. A parceria foi viabilizada pelo então deputado Milton Flávio.

O presidente da APAE de Botucatu, Paulo Jesuíno, fez uma explanação geral de todas as reformas que foram feitas, agradecendo as parcerias que viabilizaram as obras e fez projeções para o ano de 20102, entre elas a de aumentar, pelo menos mais 50 vagas, para atender 268 pessoas.

Representando o prefeito João Curo Neto, que estava em viagem para São Paulo, o secretário de Educação Narcizo Minetto Júnior, fez um comunicado ao presidente. “A partir do ano 2012, a prefeitura irá cuidar do transporte dos alunos”, garantiu.

Fotos: Valéria Cuter