Casal sagra-se campeão do torneio de truco na AAB

Engana-se quem pensa que lugar de mulher não é numa mesa de truco. O exemplo está no torneio realizado na Associação Atlética Botucatuense (AAB), onde a vencedora foi exatamente uma mulher:  Tharciana Fernandes, parceira do marido Gilberto Fernandes, que recebeu o troféu ouro de campeã.

Foi ela a única representante do sexo feminino desse torneio que entrou em sua 7ª edição e contou com a inscrição de 16 duplas, formadas por jogadores de grande tradição nesse jogo de cartas. “Eu me inscrevi na última hora atendendo um pedido do meu marido que estava sem parceiro. Não entrei com o intuito de ser campeã, mas deu tudo certo!”,  disse Tharciana.

O casal venceu na final Júlio Pereira e Geovane Pereira que receberam o troféu prata de vice-campeão. “Fazer o quê? Claro que é preciso saber jogar, mas  o truco também exige uma boa dose de sorte e isso não faltou para a dupla campeã. Parabéns aos dois”, disse Júlio Pereira.  Já o terceiro lugar e o troféu bronze ficou com Quico Cuter e Rubens Zanelato. A organização ficou à cargo do professor  João Nazário Sales do Nascimento.

“Mais uma vez o torneio teve muita boa receptividade e tudo transcorreu de maneira ordeira e pacífica sem nenhum incidente. A surpresa desta edição foi a participação da Tharciana que levou o troféu de campeã. O jogo de truco é uma tradição antiga no clube e  seus praticantes têm um  espaço que é só deles”, destacou João Nazário, que já adiantou que realizará a 8ª edição ainda este ano.

Vale lembrar que o jogo de cartas no estilo truco é  um jogo de estratégia, sorte, tática e blefe,  muito famoso na América Latina e jogado por milhares de pessoas.  Está sempre presente em reuniões familiares, círculos de amigos, festas, bares, clubes e churrascos nos finais de semana. Jogar truco é sempre uma diversão e  não possui uma regra oficial e universal, portanto as regras podem mudar de uma região para outra, mas o fundamento e o valor das cartas são os mesmos.