AAB sagra-se campeã da Copa Record de Futsal

Fotos: Quico Cuter

Um grande jogo, com muitas alternativas, encerrou a Copa Record de Futsal Masculino – Série Prata de 2012, entre a Associação Atlética Botucatuense (AAB) e Ourinhos. O jogo final foi realizado no Ginásio II da Botucatuense que recebeu um bom público. Com o placar de 3 a 2 a equipe de Botucatu sagrou-se campeã do torneio. O jogo foi arbitrado por Antônio Marcos Domingos e Mário Antônio Araújo Neto.

No primeiro tempo da partida a equipe visitante saiu na frente com um gol de Diego aos 11´34, embora a equipe da Veterana estivesse melhor em quadra e ameaçado o goleiro adversário por três vezes. O empate da Botucatuense veio aos 15´08, através do ala Tilico e com esse resultado as duas equipes foram para o vestiário.

Já no início do segundo tempo, aos 01´06, Enzo colocou Botucatu em vantagem e fez 2 a 1. A torcida de Botucatu ainda comemorava o gol quando aos 03´09, o pivô de Ourinhos Wagner, empatou a partida. Aos 09´22, Diego Acerra colocou novamente Botucatu em vantagem e o resultado de 3 a 2 prevaleceu até o final da partida,

Orientada pelo professor Gildo Fumes, a AAB iniciou a partida com Buzuca, Diego Acerra, Batata, Tilico e Gú Arbex. Também participaram do jogo Rodrigo, Vinicius, Cesinha, Guilherme, Ricardo, Enzo, Bravim, Buiú e Boquinha. “Foi um jogo muito difícil e Ourinhos mostrou que não estava na final por acaso e quase nos surpreendeu em casa. Valeu a experiência e o empenho dos nossos jogadores em quadra que souberam controlar a partida e conquistar esse título para Botucatu”, avaliou Gildo Fumes.

Já Ourinhos do técnico João Batista entrou em quadra com Maurício, Canário, Rafael, Tiaguinho e Diego. Como opção de banco ficaram Everton, Vagner, Luiz Fernando e Valdinei. O técnico lamentou a falta de opção no banco. “Botucatu contou com jogadores de grande índice técnico no banco e isso foi decisivo e nossa opção era restrita. Por isso, tenho que parabenizar meus jogadores e comemorar o vice-campeonato. Botucatu, por tudo que fez no campeonato, mereceu ficar com o título”, reconheceu o treinador ourinhense.