Programa Nascentes permite instalação de fossas biodigestoras em propriedades rurais de Botucatu

Na manhã desta quarta-feira (14), a partir das 9 horas, no Clube Kaikan (Colônia Santa Marina) está marcada a entrega da primeira fossa séptica biodigestora em Botucatu, dentro do programa Nascentes. Trata-se de uma iniciativa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, através da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), em parceria com a Prefeitura.

Está prevista a instalação de 60 fossas sépticas biodigestoras em Botucatu e outras 60 na cidade de Pardinho, que ao lado de Holambra, são os únicos municípios do Estado a fazerem parte desta iniciativa inédita. Cada fossa tem capacidade para armazenar 1.300 litros de esgoto, podendo atender em média até dez pessoas moradoras de uma única residência.

O programa Nascestes teve início em setembro deste ano com os serviços de terraceamento (curvas de nível) em propriedades rurais localizadas às margens do Rio Pardo, principal fonte de abastecimento de água de Botucatu e Pardinho. Nestes dois municípios, o programa prevê a conservação total de 245 hectares.

Além disso, o programa prevê serviços de conservação de 80,32km de estradas rurais e acesso às propriedades, instalação de 104km de cercas de isolamento e distribuição de mudas nativas para recomposição de Áreas de Preservação Permanente (APPs).

O investimento total do programa é superior a R$ 5 milhões, recursos da Agência Nacional de Águas (ANA). Tudo deverá ser concluído até dezembro de 2017.

Mais informações

Casa da Agricultura de Botucatu

Tel.: (14) 3882-4422

Serviço

Clube Kaikan (Colônia Santa Marina)

Acesso pela Rod. Gastão Dal Farra, km 6 – Botucatu