Virada Cultural teve grande aceitação popular

Não poderia ter sido melhor a segunda edição da Virada Cultural Paulista realizada em Botucatu neste final de semana, com uma série de atrações que se iniciaram as 18 horas de sábado (19) e se encerraram as 18 horas de domingo (20), com o público comparecendo em grande número. A maioria das atrações se concentrou no palco armado na Avenida Dom Lúcio, na Praça Professor Pedro Torres e Teatro Municipal “Camilo Fernandes Dinucci”.

No sábado passaram pelo palco externo da praça atrações como o Dj Augusto Merli; Grooveria; Os Profiçççionais (Parô! Palhaçada)/Intervenção Circense; Interpretando Samba-Rock e Sambalanço e Grupo Criolina.

Já no domingo, a festa no palco começou na primeira hora com a apresentação do cantor Luiz Melodia, um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira (MPB). Na sequência vieram Dj Augusto Merli; Andorinha e Vicente Reinaldo/Cultura Popular; Os Geraldos (Números)/Intervenção Circense e Comitatus/Música. As apresentações se encerraram em grande estilo com o cantor Nando Reis, mostrando grandes sucessos.

{n}Teatro Municipal{/n}

Com um trabalho da equipe coordenada por Tico Vilela, o Teatro Municipal recebeu uma série de atrações iniciadas no sábado com o Grupo de Dança Gestus. Em seguida, a peça teatral Quixotes. Fechou a noite de sábado o cantor Lucas Santtana com seus maiores sucessos. Na rua, em frente ao teatro, a Cia de Circo de Piracicaba divertiu as crianças.

As atrações de domingo começaram com a cantora Anelis Assumpção, que subiu ao palco do Municipal na primeira hora da madrugada. Às 2h30, estava prevista a apresentação do ator Marcelo Mansfield, do programa “Agora é tarde”, da Band, com seu stand up, porém o espaço do teatro ficou pequeno para comportar o público e a solução encontrada foi levar o show do humorista para o palco ao ar livre da Praça Professor Pedro Torres. A ressalva foi com relação ao carinho e a atenção que o ator dispensou os seus fãs. Pela manhã o teatro recebeu a peça infantil Pia Fraus (Bichos do Brasil).

No período da tarde as atrações começaram com o espetáculo teatral Irmãos Zíngaro. Na sequência teve o show musical com Badi Assad e encerrando as atividades no teatro esteve a Corporação Musical “Dr. Damião Pinheiro Machado”, Na parte externa do teatro o show ficou por conta do Solar da Mímica & Cia (Chuva de Risos).

O administrador do teatro, Tico Vilela, lembra que limitou os ingressos a dois por pessoa e as cadeiras não foram numeradas. Durante os dois dias de evento, o Municipal recebeu 17 apresentações entre intervenções, espetáculos de dança, circo, música, stand up e peças teatrais para todas as idades. “O saldo foi altamente positivo”, simplificou Vilela.

Fotos: David Devidé / Valéria Cuter

{bimg:31236:alt=interna:bimg}
{bimg:31237:alt=interna2:bimg}