Turismo está pronto para o 12° Festival do Saci

O subsecretário municipal de Turismo, professor Fredi Vanderlei Pimentel, está otimista quanto ? presença do público para prestigiar as atrações e atrativos para a 12ª edição do Festival do Saci 2012 que acontece neste final de semana (sexta-feira, sábado e domingo) no Espaço Cultural Dr. Antonio Gabriel Marão, na Avenida Dom Lúcio, 755, região central da cidade.

Pimentel enfatiza que o evento além de ser bastante diversificado, promete agitar as crianças da cidade. “O Festival foi idealizado especialmente para elas (crianças), integrando música, dança e teatro”, enumera o subsecretário, enfocando que o personagem folclórico representa a resistência da infância brasileira. “O Saci é um mito do nosso País que muda o imaginário infantil e agrega também uma imagem importante como defensor da floresta”, explica.

Revela que entre as atrações previstas também estão a culinária típica do saci, jogos interativos, artesanato, praça de alimentação, apresentações musicais, artísticas e culturais. “Nosso intuito é buscar o envolvimento da população e que nossos parceiros promovam junto com a Prefeitura o evento que se consolida cada vez mais no Município”, frisa Pimentel.

“Além de fortalecer a cultura e o folclore local, a intenção é envolver a população botucatuense cada vez mais, assim como atrair pessoas de outras cidades da região que irá gerar o aquecimento dos hotéis, bares e restaurantes”, prevê.

A assessora de Turismo, Luciana Alho, lembra que além das atrações artísticas o festival trará ainda oficinas culturais, orientadas por artistas e monitores, além de uma Mostra de Cinema Infantil, com 18 títulos e vários shows musicais. Na sexta-feira (19) se apresentam Paulo Freire e Guilherme & Daniel; no sábado (20) Michele & Karoline e no domingo (21) Ricardo & Natália e Marcelo Estevan & Isaú.

“As crianças também poderão utilizar computadores disponíveis para jogos e outras atividades lúdicas”, diz a assessora “As empresas e indústrias interessadas em serem parceiras podem entrar em contato com a subsecretaria municipal de Turismo localizada na Praça Professor Pedro Torres, número 100, no Centro ou pelo telefone (14) 3811-1488”, acrescenta Alho, lembrando que os eventos começam na sexta-feira a partir das 18 horas. Já no sábado e domingo os portões serão abertos ? s 11 horas.

{tam:25px}{n}Programação geral{/tam}

Dia 19 – sexta-feira {/n}

19 horas – Abertura do Festival Nacional do Saci
20 horas – Apresentação do Coral Projeto Guri, com músicas regionais e regência de Nívea Taborda Sauer
21 horas – Show com Paulo Freire e participação de Oswaldo Guimarães (viola)
22 horas – Show com Luiz Guilherme & Daniel

{n}Dia 20 – sábado{/n}

9 horas – Inscrição de jipeiros para trilha noturna, na Praça São Jose
20 horas – Saída para a trilha noturna, na Praça São José
9h30 – Parada do Saci, com participação dos personagens do Sitio do Pica-pau Amarelo (Companhia de Teatro Chafariz), finalistas do concurso literário e homenagem a Francisco Marins (Nas terras do Taquara-poca), trupe Mirante das Artes com AVAB (Associação dos Automóveis Antigos de Botucatu, Jipeiros da Cuesta, Policia Militar e GCM.
Roteiro: Concentração na garagem do Expresso de Prata, na Rua General Telles, com saída 9h30, descendo pela Rua General Telles até a Rua General Júlio Marcondes Salgado (AAB), desce até a Rua Amando de Barros, passando pela Rua Floriano Peixoto, Vitor Atti, Tenente João Francisco, Newton Neris Jaqueta, Major Matheus, Avenida Dr. Vital Brasil seguindo até o final da Rua Campos Sales até a Avenida Dom Lúcio, chegando ao largo da Catedral, contornando o EECA, subindo a Avenida Dom Lúcio até a Praça São José, onde acontece a dispersão.

14 horas – Espaço Cultural – Tarde de autógrafos – Obra: Fogo incenso e Catadupa, do escritor e Prof. José Sebastião Pires Mendes
14 ? s 19 horas – Iglu 08 – Contação cênica da história: “O Saci”, adaptada do livro homônimo de Monteiro Lobato, pelos personagens Pedrinho e Narizinho, da Companhia de Teatro Chafariz
15,18 e 19 e 21 horas – Recepção ao público com atores personificados em Cuca, Emília e Visconde, personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo, da Companhia de Teatro Chafariz
15 horas – Apresentações artísticas – Artistas S/A – dança do anos 60; dança de rua; dança do tico-tico, dança rítmica e dança do frevo
16 horas – Grupo de Dança de Salão – Prof. ª Monica Morelli – Forró do
Saci
18 horas – Escola de Dança do Ventre e Folclore Árabe – “Salm Báraka” (Recanto Árabe) – Prof. ª Salma Thomé
19 horas – Os Reis do Cururu – Folclore Regional, com Buenão, Zé Pinto, Zacarias Camargo e Rubinho, com viola de Josué Pereira e João Bozoni
21 horas – Show com Ricardo & Natália
22 horas – Show com Marcelo Estevan & Esaú

{n}Dia 21 – domingo{/n}

9h30 – Parada do Saci com participação da AVAB (Associação de Veículos Antigos de Botucatu, Grupo Papa Trilhas, Comitiva Esperança com David Devidé, Associação do Charreteiros de Botucatu, Mountain Bike – Waldemar Aplausos, personagens do Sitio do Pica-pau Amarelo (Companhia de Teatro Chafariz, Trupe – Mirante das Artes e finalistas do Concurso Literário
Roteiro – Concentração e saída – Auto Posto Panorama (ao lado da Sabesp), passando pela Avenida José Pedretti Neto, Carlino de Oliveira (em frente ao Cemitério Portal), Avenida Dom Lúcio, Avenida Santana, Avenida Floriano Peixoto, Rua Major Matheus, Rua Newton Néris Jaqueta, retorna pela Rua Major Matheus, sobe a Avenida Santana até a Escola EECA, sobe a Avenida Dom Lúcio até a Rua Prudente de Moraes (Igreja São José), passa pela Rua Dr. Costa Leite, Rua General. Júlio Marcondes Salgado, volta pela Avenida Dom Lúcio até a Rua Campos Sales em frente ao Espaço Cultural, onde acontece a dispersão.
11 horas no Espaço Cultural – Almoço do Saci – Gastronomia típica acompanhada de show com os Trovadores da Cuesta, repertório musical: MPB, bossa nova, música instrumental e a contação de causos com Tio Nerso e Osvaldo Guimarães
14 horas – Tarde de autógrafos da obra: Era uma vez …Contos, do escritor Roldão Senger
14 e 19 horas – Iglu 8 – Contação cênica da história: “O Saci”, adaptada do livro homônimo de Monteiro Lobato, pelos personagens Pedrinho e Narizinho.(Companhia de Teatro Chafariz)

15, 18, 19 e 21 horas – Recepção ao público no Espaço Cultural com atores personificados em Cuca, Emília e Visconde, personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo- Companhia de Teatro Chafariz
16 horas – Companhia de Dança de Salão Prof. Fábio – Dança Diversas
17 horas – Peça Teatral – “Saci na Vida Real” – elaborada pelos Alunos do Cieeja – sob a responsabilidade da Profª. de teatro Angélica Masci
18 horas – Show com Ramiro Viola & Pardini
19 horas – Peça teatral – “Mais um de conto de Maria”
21 horas – Show com Michelle & Karoline e Banda
22 horas – O Festival