Senac Botucatu é referência em ensino técnico

O Senac ensina que na conquista de um emprego, investir na formação é, antes de um diferencial, um escudo contra as oscilações do mercado

 

Por três anos consecutivos, o Senac Botucatu é finalista no Prêmio Pronatec Empreendedor – Concurso de Objetos de Aprendizagem. Atualmente, a unidade oferece um amplo portfólio de cursos técnicos para as áreas de saúde, beleza e estética, gestão e negócios e tecnologia da informação. Os interessados em conhecer o método de ensino e  formas de inscrição, podem visitar a unidade, localizada na Rua Dr. Rafael Sampaio, 85, ou pelo Portal Senac: www.sp.senac.br/botucatu.

O Senac ensina que na conquista de um emprego, investir na formação é, antes de um diferencial, um escudo contra as oscilações do mercado. Prova disso é que, na contramão da crise, a procura por técnicos com boa formação cresceu 15% nos quatro primeiros meses de 2015, em comparação com o ano passado, segundo pesquisa da Page Personnel, empresa especializada em recrutamento e consultoria.

E, para aproveitar as oportunidades, não basta apenas se matricular em qualquer curso, é preciso um olhar atento para a área em que se pretende atuar. “Terá boa aceitação o profissional que escolher um curso técnico condizente com o seu perfil e de acordo com as necessidades do mercado”, explica Diogo Teixeira, gerente do Senac Botucatu.

Por isso, ajuda bastante ter algum conhecimento sobre a área. “O aluno que sabe onde quer chegar tem mais empenho durante o curso”, explica Diogo. Foi o que fez Élen Anile Pereira, de 23 anos, que em julho se formou no curso Técnico em Enfermagem do Senac Botucatu. Após pesquisas, ela optou por estudar na unidade. “A cada dia, módulo, aprendizado e estágios, eu simplesmente me apaixonava mais pelo curso, aliás pela profissão que eu escolhi”, conta Élen. O resultado desse empenho não demorou para aparecer.

Depois de um ano de curso, ela prestou um concurso para a Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar). A jovem ficou entre os 36 aprovados. E, mesmo sabendo que não poderia assumir a vaga no momento, já que ainda era uma estudante, ela comemorou. “Eu fiquei feliz e orgulhosa de mim mesma”, recorda-se.

 Ao longo do curso, Élen ainda foi aprovada em outros dois concursos. “Hoje, após 2 anos e 4 meses, estou formada, com vaga garantida em três concursos públicos e ciente de que não quero parar por aqui, pois sei que sou capaz de muito mais”.

Já para Eunice Garcia da Silva, de 29 anos, também egressa do curso Técnico em Enfermagem, mesmo feita ‘no escuro’, a escolha do curso não poderia ter sido melhor. “Fui aprendendo e buscando mais conhecimentos; vieram os estágios e foi neste momento que eu descobri que era isso mesmo que eu queria”, relata a jovem.

Ela dedica os créditos ao ensino técnico, pelo fato de estar empregada e com perspectivas profissionais. “Fui chamada para assumir a minha vaga como técnico em enfermagem após ter sido aprovada em um concurso”, conta. “Hoje me sinto uma pessoa realizada, posso dizer que tudo valeu a pena e que na vida tudo que é feito com amor tem mais valor”, finaliza Eunice.