Exposições de abril valorizam a história de Botucatu

Entre as festividades de comemoração ao 156º aniversário de emancipação político-administrativa de Botucatu está a exposição comemorativa aos 100 anos da Escola Estadual Cardoso de Almeida, patrimônio histórico tombado pelo Condephat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), a mostra reúne imagens que contam a história das pessoas que passaram pela escola e do desenvolvimento da Cidade até os dias atuais. A abertura oficial da exposição acontece nesta terça-feira (12) ? s 19h30, no saguão do Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci”.

Os visitantes podem conferir as fotos da história do EECA até o dia 28 de maio, de segunda a sexta-feira, das 10 ? s 17 horas e durante os espetáculos. O Teatro Municipal esta localizado na Praça Coronel Moura, nº27, no Centro.

Além do EECA, a Secretaria Municipal de Cultura divulga outras exposições que acontecem no mês de abril, divididas no Museu de Arte Contemporânea (MAC) “Itajahy Martins”, Teatro Municipal “Camilo Fernandez Dinucci”, Poupatempo, saguão da Prefeitura de Botucatu e biblioteca do Campus da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu (FMB).

{n}“Imagens de Botucatu” {/n}

O fotógrafo Marcelino Dias realiza exposição fotográfica sobre os pontos turísticos da Cidade em comemoração aos 156 anos do Município. A população poderá conferir 43 imagens que fazem parte do livro Imagens de Botucatu, lançado este ano, mostrando as belezas da Cidade, além de mais três fotos inéditas.

A abertura oficial será dia 13 abril com exposição em frente ? sede da Prefeitura de Botucatu, das 8 ? s 22 horas. No dia 14, a exposição será realizada durante ato cívico em comemoração aos 156 anos de Botucatu. Já no dia 15 as imagens podem ser vistas no saguão da Prefeitura.
A mostra de fotos também estará entre os dias 25 a 29 deste mês no mezanino da Biblioteca do campus da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu (FMB). O Salão Nobre da FMB também recebe a exposição no dia 27 (quarta-feira), durante a programação de aniversário.

{n}“Máquina do tempo”{/n}

Exposição fotográfica das reproduções dos postais de Botucatu na década de 1910, doados pela família de Arthur Bratke, proprietário da Livraria Bratke, e dos mesmos locais fotografados atualmente por Marcelino Dias.
Os visitantes podem conferir de perto até o dia 30 de abril, de segunda a sexta-feira, das 9 ? s 18 horas, e aos sábados das 9 ? s 13 horas no Poupatempo, localizado na Avenida Floriano Peixoto, nº461 – Centro.

{n}“Cores da Cuesta”{/n}

Na exposição o professor Luiz Antonio Sardinha reverencia Botucatu em seus desenhos e aquarelas que revelam a natureza e a arquitetura da Cidade.
Cores da Cuesta segue para visitação até o dia 30 de maio, de terça a sexta-feira, das 9 ? s 18 horas, e aos sábados das 9 ? s 13 horas, no Museu de Arte Contemporânea (MAC) Itajahy Martins, localizado na Avenida Dom Lúcio, nº755, no Centro.

Fotos: Valéria Cuter