Educação concorre ao Prêmio Mário Covas

Acontece nesta segunda-feira (30) na Sala São Paulo – Centro Cultural Júlio Prestes, na capital paulista, a solenidade de encerramento da décima edição do Premio Mario Covas. Na oportunidade, a Prefeitura de Botucatu, através do  projeto Observatório da Educação (Educatu), da Secretaria Municipal de Educação, está entre os dez projetos finalistas do premio, na categoria Inovação em Gestão Municipal. 

O Educatu é um portal que, além de trazer noticias, é uma grande ferramenta educacional e de interação com os pais de alunos através do I’Educar, onde podem se inteirar da vida escolar de seus filhos (notas, frequência, ocorrências em salas de aula, entre outros), e também com o Web Infantil, que permite o cadastramento de alunos para a Educação Infantil.

O projeto foi idealizado e desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da Secretaria Municipal de Educação. Ele é composto por Juliano Bacchi, Silvia Culiche, Rafael Romagnoli, Luiz Enéias Zanetti Cardoso, Marcos Dolara, Amanda Ben, Anderson dos Santos Neno, com total apoio da secretária de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira, e secretária adjunta, Edileine Fernandes Henrique.

O Prêmio Mario Covas tem o objetivo de promover práticas inovadoras dos servidores que aprimoram a qualidade dos serviços públicos. Em sua décima edição, o prêmio reconhecerá iniciativas que melhorem o acesso da sociedade civil aos serviços disponibilizados pelo Governo do Estado de São Paulo.

O prêmio é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Gestão Pública (SGP) com a parceria da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) e da Fundação Prefeito Faria Lima – Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam), da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e apoio da Secretaria da Cultura e Fundação Mario Covas.

Botucatu já ganhou Prêmio Mário Covas em duas oportunidades: na categoria Inovação em Gestão Municipal através do programa Orçamento Participativo Jovem (OP Jovem) – em 2013; e na categoria Inovação em Gestão Estadual, pelo desenvolvimento do Programa Municipal de Acessibilidade Rural – em 2012.