Centro Infantil da FCA recebe premio nacional

O Centro de Convivência Infantil (CCI) da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, câmpus de Botucatu, conquistou o “Prêmio Construindo a Nação 2014”, promovido pelo Instituto da Cidadania Brasil.

O projeto “Horta Educativa: dos resíduos ao canteiro e do canteiro à mesa”, desenvolvido pela equipe do CCI em 2013, foi o primeiro colocado na categoria Educação Infantil, concorrendo com dezenas de iniciativas promovidas por instituições de todo o Estado de São Paulo.  A entrega da premiação será dia 15 de dezembro, na Pinacoteca do Estado.

O “Prêmio Construindo a Nação” tem como objetivo dar estímulo, reconhecimento e difusão às ações realizadas por escolas da iniciativa privada e da rede pública, em intervenções onde os alunos são os agentes da mudança, na melhoria ou resolução de problemas nas comunidades onde se inserem essas instituições.

O prêmio visa também valorizar o papel do educador no processo de formação do seu aluno como cidadão. Busca ainda motivar estudante a se tornar empreendedor e a participar das soluções que inicialmente sua comunidade demanda, além das necessidades de sua cidade, estado e país.

 

O projeto premiado

O projeto “Horta Educativa” foi desenvolvido com a participação de 44 alunos do CCI. Seu principal objetivo foi promover a construção do conhecimento e a formação da consciência sobre a sustentabilidade, utilizando a horta e a compostagem como ferramentas.

Orientadas pelos educadores, as crianças do CCI participam ativamente de todas as atividades do projeto. Desde o preparo dos compostos, utilizando resíduos da própria cozinha da escola, passando pelo plantio e a manutenção da horta, até o preparo e o consumo de alimentos, como rúcula, alface, brócolis, beterraba, couve, moranga, repolho, almeirão e cenoura.

A iniciativa oferece às crianças a oportunidade de aprender sobre os cuidados com o meio ambiente, sustentabilidade, compostagem, cultivo de horta, germinação e desenvolvimento de diferentes culturas e cuidados básicos de higiene na preparação dos alimentos.

Além disso, estimula o consumo de legumes e hortaliças, ajudando a construir hábitos alimentares saudáveis, não apenas entre as crianças, mas também junto a seus familiares, que recebem parte do alimento produzido durante o projeto.

O sucesso do projeto também está ligado ao empenho de parceiros como o professor Antonio Ismael Cardoso e seus orientandos de pós-graduação, que colaboram na condução técnica do trabalho, com análise, preparo e correção do solo, orientação para semeadura, indicação e condução das diferentes culturas.

Por sua vez, o professor Roberto Lyra Villas Bôas ministrou um curso para formação e capacitação adequada de todos os servidores do CCI para o trabalho com a compostagem. O Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP) auxiliou com o fornecimento de material, não apenas para uso técnico, mas também pedagógico e pelas orientações repassadas através de cursos para a equipe do CCI.

“É emocionante receber um prêmio por um projeto construído com as crianças. Foi um trabalho gratificante, porque percebemos os resultados no comportamento delas, que passaram a consumir verduras e legumes”, afirma Margarete de Camargo Puccinelli, responsável pela coordenação do projeto. “Muitas crianças ficam sabendo tudo sobre a horta, as plantas, a compostagem. Acho isso muito importante”, complementa Osmarino Paes, o “seu Lino”, assistente operacional do CCI.

Sueleni de Oliveira Villas Bôas, supervisora do CCI, também comemorou a premiação, a segunda conquistada em âmbito estadual. “É importante por que ajuda o CCI ser reconhecido por alunos e professores da FCA como um espaço para trabalhos de extensão e pesquisa. Por outro lado, queremos que o CCI seja para as crianças um espaço de construção do conhecimento de maneira significativa, contextualizada e prazerosa, a partir das suas experiências. Um prêmio desses ajuda a validação das ideias que executamos. Mostra que estamos no caminho certo”.

Da Assessoria