TUDO SOBRE A BÍBLIA – nº28

Estamos no Ano do Senhor de Dois Mil e Onze.
Idos da primeira dezena de dias do corrente, onde nosso barquinho já desacreditado por uns e creditado por muitos corta os mares revoltos de águas profundas e por vezes tenebrosas.
E vencendo estas intempéries “TUDO SOBRE A BÍBLIA” segue virtuosa e vitoriosamente sua missão de propagar o conhecimento sadio do Sagrado, onde a BÍBLIA é sua tabua de reflexão e fé.
O preconceito tem reinado soberano nessa década.
Tudo o que se fala ou o que se faz pode ser taxado de preconceito.
Mas nossa amiga BÍBLIA não foi preservada até os nossos dias para entrar na lista dos preconceituosos, mas sim para trazer luz no lugar das trevas e segurança no lugar do perigo.
Prossigamos, então.
Tutmósis está registrando os começos de tudo e de todos para que ficasse para posteridade e o Deus Único e Verdadeiro passasse a ser conhecido verdadeiramente pelos homens – anciãos, jovens, mulheres e crianças.
No Capítulo Um verso Vinte e dois de Bereshit, Tutmósis diz que após a criação dos monstros marinhos e demais animais – sejam: terrestres, aquáticos ou aéreos; esses receberam uma ordem para que se multiplicassem para que povoassem as dimensões do planeta vivente criado por YAHWEH.
YAHWEH é o nome como ultimamente se tem aceitado – como nome divino de Deus – para que se consiga aproximar da pronuncia original do nome sagrado, que não podia ser profanado pelos judeus, ou seja, o tetragrama sagrado YHWH.
A multiplicação dos animais ordenada divinamente pressupunha uma frutificação, ou seja, a geração de frutos.
Frutos para nós a primeira lembrança trás a memória uma fruta – mas na realidade era o fruto como procriação das espécies um casal gerando uma nova vida; não apenas para os seres humanos.
Os animais irracionais receberam essa primeira ordem e a obedeceram sem resistência alguma.
Uma terra com apenas um casal de cada espécie vivendo eternamente e um Deus que apenas os observasse sem esboçar nem um ato seria algo muito simplório e primário em demasia.
O Deus apresentado por Tutmósis é um Deus completo, que realiza obras completas em sua complexidade.

Pr. Murilo Mendes Maciel
Teólogo – OTIB nº 44

macielmurilo@bol.com.br