TUDO SOBRE A BÍBLIA – nº15

Estamos no Ano do Senhor de Dois Mil e Dez.

É uma noite chuvosa e o tempo está fechando cada vez mais.

Parece que estamos as vesperas de uma tempestade, ou até mesmo de um novo diluvio universal.

A ira divinal é sempre presente em toda a natiguidade e nas páginas de nossa amiga Bíblia; também vemos incidentes que marcaram a história dos povos, entre eles vamos comentar um pouco a respeito do juizos divinos.

O mais famoso de todos que nos vem a lembrança é como não deixria de ser – o dilúvio universal.

A Bíblia relata a história de Noé e sua família sendo preservado por Deus dentro de uma embarcação gigantesca construida por Noé sob as ordens divinas.

Era uma arca de madeira impermeabilizada com betume de maneira a flutuar sobre as águas tendo capacidade para acomodar a preservação da espécie humana e animal da terra; pois, Deus ordenou e assim foi feito – um casal de cada espécie veio para Noé e entrou na arca antes das águas cairem do céu a cantaros.

A terra foi vitima de uma grande inundação sem precedentes; consequente do peso do pecado da raça humana e o respectivo pagamento pela ira divina ao purificar a terra.

As águas vieram por todos os lados segundo uma visão primária.

Uma chuva forte que não parava mais; seguida de uma grande catastrofe dos rios e mares da região próxima, onde tinha sido construinda a embarcação.
Foi água por cima, e por todos os lados de tal forma que a arca chegou a flutuar, mesmo com todo aquele peso imenso.

Noé, sua esposa e seus filhos; juntamente com as noras. Foram preservados como uma semente da raça humana para que Deus pudesse povoar a terra novamente.

O peso desse pecado grandioso foi de maneira descomunal, pois, a preversão da raça humana no sentido espiritual foi de tal forma que Deus não viu outro meio de purificar a terra.

A mitologia Judaica faz menção de guardiões vindos do céu que deixaram sua posição e vendo as mulheres e apaixonando-se tomando-as como esposas, produzindo uma raça hibrida chama NEFILINS.

Esses guardiões são na verdade os demônios principes que ensinaram a feitiçaria e a adorção dos astros e falsos deuses, ou seja mais demônios.

Esses guardiões são mencionads no Livro Apócrifo de Enoch.

{n}Pr. Murilo Mendes Maciel
Teólogo – OTIB nº44

macielmurilo@bol.com.br{/n}